Dia a dia

Moradores fecham avenida Grande Circular em protesto contra inundação

Os dois sentidos da via foram bloqueados pelos moradores – Manoela Moura

Moradores do Francisca Mendes 2, realizaram, na tarde desta segunda-feira (27), um protesto após terem as casas alagadas devido à chuva que atingiu a cidade. A manifestação ocorreu na avenida Grande Circular 2, Zona Norte de Manaus.

Os manifestantes fizeram uma barricada com pedaços de madeira, pneus, caixas de isopor e, em seguida, atearam fogo. Eles bloquearam os dois sentidos da avenida, impedindo a passagem de veículos pelo local. Moradores do Aliança com Deus também participaram do protesto. Casas da localidade ficaram debaixo d’água durante a chuva.

Segundo os moradores, várias casas foram alagadas e as famílias perderam móveis, roupas e eletrodomésticos. Os manifestantes reclamam que após uma obra na rua Projetada, que não foi concluída pela Secretaria de Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), a água da chuva inunda as residências.
“Abriram um buraco aqui e agora está alagando todas as casas. A minha casa não alagava. Foi uma mulher que ordenou fazerem a obra aqui, mas ela que fez isso. Se ela aparecer aqui, ela vai se ver com a gente”, disse umas das moradoras, que preferiu não se identificar.

Em nota, a assessoria da Seminf informou que, ainda essa semana, vai mandar uma equipe ao local para verificar a situação.

Ocorrências

Além da ocorrência da comunidade Francisca Mendes 2, a Defesa Civil do município registrou outras três ocorrências de alagação. Uma na rua monte Oreste, loteamento Fazendinha, Bairro Cidade Nova, e na rua Santa Dorotéia, Bairro Cidade de Deus, ambas na Zona Norte.

 

Mara Magalhães
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir