Política

Mirando o governo, Eron deixa disputa pela prefeitura e militante do PCdoB entra como vice de José Ricardo

PT-anuncia-Yan-como-vice-de-José-Ricardo-Foto-Marcio-Melo-2

Eron afirmou que a esquerda precisava se fortalecer para as eleições, por isso, ainda busca apoio de outros partidos – fotos: Márcio Melo

Definindo os últimos ajustes para a corrida eleitoral deste ano, o presidente estadual do PCdoB, Eron Bezerra, retirou-se da pré-candidatura à prefeitura de Manaus, deixando o Partido dos Trabalhadores (PT) encabeçando a chapa esquerdista com o deputado estadual, José Ricardo (PT) como pré-candidato a prefeito e o jovem militante do PCdoB, Yann Evanovick, de 26 anos, como seu vice. A homologação será feita na manhã deste sábado (30) na convenção unificada dos partidos, onde serão apresentados os vereadores e uma possível coligação com outras siglas.


O anúncio da escolha do vice foi feito na tarde desta sexta-feira (29), para filiados e alguns políticos, de ambos os partidos, que se reuniram na sede do Partido dos Trabalhadores, na avenida Constantino Nery.

José Ricardo foi escolhido pelo PT como candidato à prefeitura de Manaus durante o Encontro Municipal do Partido, que aconteceu no último dia 18 junho, por meio de votação dos delegados filiados. Já Eron Bezerra, era o escolhido do Partido Comunista do Brasil para compor a chapa com os petistas, mas decidiu retirar-se da disputa escolhendo o até então pré-candidato a vereador Yann Evanovich.

“Tomei a decisão sem prazer, mas também sem lamentos. O partido tem um ritual, e nele nunca figurei como vice. Como José Ricardo não topou ser meu vice (risos), nós fizemos um movimento para buscar a unidade da esquerda”, ponderou Bezerra ressaltando que ainda está em busca do apoio do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), e Partido Consciência Democrática (PCD).

O escolhido a compor a chapa como vice, afirmou que foi comunicado sobre a escolha da sigla às 22h desta quinta-feira (28). De acordo com ele, foi uma surpresa, pois o mesmo já estava caminhando em uma pré-candidatura a vereador.

“Estamos trazendo nossa disposição, experiência em lutas sociais e a vontade de quem quer trazer a Manaus uma nova política. Que tenhamos a força da juventude!”, disse Evanovich.

“Vamos estar unindo os dois partidos que tem proposta de luta em prol da população que mais precisa”, disse José Ricardo.

Tanto José Ricardo quanto Eron afirmaram que a unificação dos partidos é a melhor escolha para a esquerda em Manaus. De acordo com eles, a direita tem uma estratégia de lançar vários candidatos para que haja um segundo turno ‘conveniente’ para o atual prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto (PSDB), fazendo com que os partidos de esquerda pulverizem as chances de uma possível vitória contra os tucanos.

Disputa para governo do Estado em 2018

Com a saída de Eron da disputa do pleito deste ano, novas possibilidades ficam abertas para eleições futuras. O PT e PCdoB já vêm de uma aliança em 2012 nas eleições para a prefeitura de Manaus, quando Lançaram Vanessa Grazziotin e Vital Melo. Para 2018, o PCdoB já tem o indicativo de que Eron Bezerra será o candidato a governador, e a sigla espera contar com o apoio dos petistas.

“Eu já sou pré-candidato a governador. O partido já fez esse indicativo”, afirmou Eron.

A convenção dos partidos será realizada às 9h da manhã deste sábado (30), no Clube Municipal, na avenida Torquato Tapajós, Bairro da Paz, Zona Centro-Oeste da Capital.

Por Asafe Augusto

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir