Dia a dia

Ministério Público procura homem que invadiu Câmara Municipal de Parintins

O setor de Finanças da Câmara Municipal de Parintins, foi invadido na última segunda-feira (18) - foto: Tadeu de Souza

O setor de Finanças da Câmara Municipal de Parintins, foi invadido na última segunda-feira (18) – foto: Tadeu de Souza

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) divulgou na manhã deste sábado (23), em uma rádio local, não ter encontrado para prestar esclarecimentos o homem que, de boné e bermuda, invadiu o setor de Finanças da Câmara Municipal de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), na última segunda-feira (18).

A denúncia da invasão do Legislativo Municipal foi feita pela presidente interina, vereadora Karine Brito (PHS). Segundo ela, o homem que invadiu seria supostamente o ex-diretor financeiro da Casa ligado ao presidente afastado pela Justiça, Everaldo Batista (Pros). A vereadora registrou um Boletim de Ocorrência (BO).

A informação divulgada nesta manhã dá conta de que o homem que invadiu teria assinado documentos falsificando a assinatura do presidente afastado e retirado outra documentação relativa à gestão de Batista.

O Ministério Público, através do promotor Flávio Matos, ao tomar conhecimento teria convocado o suspeito de invasão para esclarecer a denúncia, mas o mesmo já havia deixado o município.

Por telefone, assessores de Everaldo Batista negaram que o mesmo tenha qualquer participação no episódio denunciado à polícia.

O Comitê de Combate à Corrupção Eleitoral (CMCCL) vai pedir informações da Câmara a respeito dessa situação e cobrar providências do Conselho de Ética da casa.

Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir