Esportes

Michel Bastos xinga ao ser substituído, mas diz que alvo não era Osorio

Substituído no segundo tempo do empate do São Paulo com o Fluminense neste domingo (5), no Morumbi, o meia Michel Bastos deixou o gramado proferindo xingamentos fortes, que pareciam direcionados ao treinador Juan Carlos Osório.

“Eu? Pô, filho da puta do caralho”, esbravejou ao jogador enquanto deixava o gramado.

Após a partida, Michel negou que os xingamentos foram dirigidos a Osorio.

“Quero ressaltar que o Osório desde que chegou, vem me dando bastante confiança. Desde que chegou, vem conversando comigo, me dando importância dentro do grupo e não quero perder isso. Eu não gosto de ser substituído, ninguém gosta. Naquele momento fiquei chateado de saber que não poderia mais ajudar minha equipe”, disse.

“Se você colocar uma câmera 90 minutos em cima de mim, vai ver que sai muito palavrão. É um momento que acaba deslavando mais. Mas nada contra o treinador”, acrescentou.

 

Por Folha Press

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir