País

Metas dos programas sociais serão mantidas com o ajuste econômico, diz ministro

Kassab disse que a meta do Programa  Minha Casa, Minha Vida é a contratação de 6,7 milhões de unidades até 2018 – foto: Elza Fiúza/ABr

Kassab disse que a meta do Programa Minha Casa, Minha Vida é a contratação de 6,7 milhões de unidades até 2018 – foto: Elza Fiúza/ABr

O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, disse hoje (27) que o Programa Minha Casa, Minha Vida terá uma redução de 30% nos investimentos em 2015. Ele ressaltou que as metas e compromissos desse e de outros programas do Ministério das Cidades estão mantidos.

“Com o ajuste econômico teremos um alongamento, seja nas contratações, seja na execução das obras, mas como são programas de longo prazo, obras com período longo, uma redução de alguns meses pode ser compensada no futuro, não alterando o cronograma das obras”, observou.

Kassab contou que a Medida Provisória que trata da terceira fase do programa será encaminhada ao Congresso Nacional no final de junho ou início de agosto e que em outubro devem começar as contratações das unidades habitacionais.

“Serão 3 milhões de novas unidades que vão se somar as 3,7 milhões de unidades que já foram contratadas desde o início do programa”, disse, acrescentando que a meta será a contratação de 6,7 milhões de unidades até 2018.

O ministro explicou que na fase 3 do programa haverá um reajuste no preço das unidades, a ser pago às empreiteiras, e uma nova faixa para atender as pessoas de baixa renda, que vai combinar os incentivos dos beneficiários das faixas 1 e 2.

“Temos famílias que não se encaixam na Faixa 1 [com renda de até R$ 1,6 mil] e não tem a condição de suportar a prestação da Faixa 2 [com renda entre R$ 1,6 mil e R$ 3.275]. Para essas famílias criamos uma faixa intermediária que vai ser compatível com a renda dessas famílias, para que possam pagar uma prestação que seja suportável”.

O ministro das Cidades participou hoje do programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República em parceria com a EBC Serviços.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir