Dia a dia

Metalúrgico é preso suspeito de matar rival de irmão traficante, que está preso

O homem responderá por homicídio qualificado e por três tentativas de homicídio - foto: divulgação/PC

O homem responderá por homicídio qualificado e por três tentativas de homicídio – foto: divulgação/PC

O metalúrgico Alisson da Silva Almeida, 19, conhecido como ‘Chuca’, foi apresentado pela Policia Civil na manhã desta quarta-feira (30), na Delegacia Geral, Zona Oeste de Manaus, como o autor do homicídio de Alcicler Amoedo Farache, 19, ‘Gordo’.

O crime aconteceu na noite do dia 12 deste mês, em via pública, na Travessa Açaí, esquina com a rua das Mangueiras, bairro Santa Etelvina, Zona Norte da cidade.

Segundo o titular Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o homem foi preso na sede da especializada no momento que foi a unidade prestar depoimento sobre o crime. A morte foi motivada por disputa por pontos de vendas de drogas no local.

O mandante do crime seria o irmão de ‘Chuca’, identificado como Alan da Silva Almeida, 20, o ‘Boris’, que foi preso por homicídio e tráfico de drogas, dias antes da morte de Alcicler.

“Mesmo preso, ‘Boris’ ainda possui influência no comércio de drogas no bairro Santa Etelvina e teria ordenado a morte de ‘Gordo’ de dentro do presídio, porque a vítima estaria vendendo entorpecentes na área, sem a permissão dele”, afirmou Martins.

Conforme o delegado, no dia do crime, a vítima estava sentada na esquina com outras três pessoas, quando Alisson se aproximou com uma pistola 380 e disparou mais de 14 vezes em direção de Alcicler, que foi atingido quatro vezes na cabeça.

Durante o tiroteio, os três rapazes que estavam com a vítima ficaram feridos. Os jovens prestaram depoimento na delegacia e reconheceram Alisson como o autor dos disparos.

O homem responderá por homicídio qualificado e por três tentativas de homicídio. Após os procedimentos legais, ele será encaminhado para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoal, onde aguardará decisão da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir