Esportes

Messi supera Cristiano Ronaldo e é eleito o melhor jogador da Europa

Lionel Messi acumulou mais um título em sua carreira. O jogador do Barcelona desbancou o astro português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, e o uruguaio e seu companheiro de equipe Luis Suárez e foi eleito o melhor jogador da Europa na última temporada em evento realizado em Mônaco, nesta quinta-feira (28).

A votação levou em consideração apenas jogadores que atuaram em partidas da Uefa (entidade que comanda o futebol na Europa). Ao todo, 54 jornalistas representantes de federações associadas à Uefa votaram.

“Muita alegria. Quero agradecer a todos, principalmente aos meus companheiros. É parte deles também”, disse o argentino.

É a segunda vez que Messi, eleito por quatro vezes o melhor jogador do mundo, recebe o prêmio. O brasileiro Neymar foi escolhido entre os dez melhores, mas ficou de fora da relação dos três finalistas.

A alemã Celia Sasic venceu o prêmio de melhor jogadora da Europa. Ela foi campeã da Liga dos Campeões com o Frankfurt na última temporada.

A premiação aconteceu no mesmo evento que sorteou os grupos da próxima edição da Liga dos Campeões e colocou Real Madrid e Paris Saint-Germain, duas potências do futebol mundial na atualidade, na mesma chave.

Gol

Messi também superou Neymar e Cristiano Ronaldo e conquistou o prêmio do gol mais bonito na temporada.

O golaço foi marcado contra o clube alemão Bayern de Munique pela semifinal da Liga dos Campeões. O argentino aplicou um drible desconcertante no defensor Jérôme Boateng antes de encobrir o goleiro Manuel Neuer para marcar o segundo gol da equipe catalã na partida.

A verdadeira obra de arte recebeu 39% (199,1 mil) dos votos computados na internet e deixou em segundo lugar, com 24% dos votos, o gol de Cristiano Ronaldo contra o Liverpool pela fase de grupos da Liga.

Defesa

O goleiro Ter Stegen, do Barcelona, foi o vencedor da melhor defesa com 28% dos votos.

Stegen espalmou finalização à queima roupa de Lewandowski, do Bayern de Munique, e ainda impediu, na mesma jogada, que a bola ultrapasse a linha do gol. O feito superou defesas do goleiro Manuel Neuer, também do Bayern, e de Buffon, da Juventus.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir