Esportes

Messi brilha e comanda o Barcelona em vitória sobre o Bayern

Com dois belos gols de Messi e um de Neymar, todos já no fim do segundo tempo, o Barcelona venceu o Bayern de Munique por 3 a 0 na tarde desta quarta-feira (6), no Camp Nou, pelo jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões.

Com a atuação no confronto, que ficou marcado pelo reencontro do time catalão com o seu ex-treinador Pep Guardiola, o argentino chegou aos 10 gols e se tornou artilheiro isolado do torneio europeu. O duelo também selou a 100ª partida do camisa 10 em competições europeias, com 78 gols até agora.

E foram dois belos gols. No primeiro, já aos 31min da etapa final, Messi recebeu passe de Daniel Alves e chutou forte de fora da área, sem chances para Neuer. No segundo, o argentino deixou o zagueiro Boateng no chão com uma bela finta e, de cavadinha, ampliou o placar.

Já o brasileiro recebeu lançamento nos acréscimos e, na saída de Neuer, selou o placar que dará uma boa vantagem ao time espanhol na Alemanha.

Agora, no jogo de volta, o Barcelona pode perder por até dois gols de diferença que vai assegurar a sua classificação à final do torneio europeu. Já o Bayern precisa vencer por quatro gols de vantagem para avançar à decisão. Um novo 3 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

O segundo confronto entre as equipes acontecerá no próximo dia 12 de maio, terça-feira que vem, na Allianz Arena, em Munique.

O JOGO

Mesmo com o Bayern de Munique contando com mais posse de bola durante quase todo o primeiro tempo, segundo a Uefa, foi o Barcelona que criou as melhores chances de ir para o intervalo com a vantagem no placar.

O time catalão conseguia aproveitar as linhas adiantadas da defesa da equipe alemã e, com lançamentos longos nas costas da zaga adversária, criou bons contra-ataques, e obrigou o goleiro Neuer a fazer ao menos duas grandes defesas.

Na melhor delas, logo aos 11min, Suárez recebeu lançamento nas costas da defesa do Bayern e, ao invadir a grande área, chutou rasteiro e cruzado, mas o goleiro alemão conseguiu fazer a defesa com os pés e evitou o primeiro gol da partida.

Já o Bayern foi obrigado a mudar a sua estratégia ainda durante a etapa inicial para diminuir os sustos na sua defesa. Depois de começar o jogo com uma linha de três zagueiros e ver os donos da casa dominarem o duelo, Guardiola alterou a sua defesa para quatro homens à frente do goleiro Neuer e, assim, conseguiu equilibrar o confronto.

Mas, no ataque, o treinador viu o time pouco produzir. Lewandowski, após tabelar com Muller, chutou para fora a única boa oportunidade nos primeiros 45 minutos.

Ainda com mais posse de bola do que o adversário, o Bayern voltou dos vestiários com uma postura mais ofensiva e ficou mais presente no campo de ataque na etapa final. Porém, sem muita profundidade, o time alemão continuou com dificuldades de entrar na grande área catalã.

E, assim como no primeiro tempo, as melhores chances de balançar as redes antes do apito final foram dos mandantes. E, desta vez, Messi foi decisivo, com dois belos gols e um passe para Neymar fazer o terceiro da equipe.

Aos 31min, Messi recebeu passe de Daniel Alves e chutou forte de fora da área, no canto esquerdo, sem chances para Neuer. Logo em seguida, o argentino recebeu passe no mano a mano com Boateng, fintou o zagueiro alemão e, na saída do goleiro, tocou de cavadinha para fazer o seu segundo gol na partida.

Já aos 48min, Neymar recebeu lançamento nas costas da defesa alemã e, na saída do goleiro Neuer, tocou rasteiro para fazer o terceiro gol do Barcelona e selar o resultado.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir