Esportes

Mesmo pouco utilizado, meia Elano deve renovar com o Santos

Meio-campista Elano tem grandes chances de prosseguir na Vila Belmiro - foto: Ivan Storti/Santos

Meio-campista Elano tem grandes chances de prosseguir no time da Vila Belmiro – foto: Ivan Storti/Santos

O Santos já estuda a possibilidade de renovar o contrato do meia Elano para a próxima temporada. O experiente jogador tem vínculo com o clube paulista até dezembro deste ano. A reportagem apurou que, inicialmente, a diretoria santista pensa em renovar o contrato do meia para que ele dispute a Taça Libertadores do próximo ano, caso o clube paulista se classifique para a competição continental.

A ideia de renovar com Elano é mais pelo que o meia de 35 anos colabora fora de campo. Ele é visto como exemplo para os mais jovens pela diretoria e exerce até um papel de auxiliar-técnico, com aconselhamentos extracampo e até orientações técnicas.

Além disso, Elano demonstra sua liderança através do seu desempenho no dia a dia. Mesmo quase não atuando, ele é o primeiro a chegar e o último sair dos treinamentos no CT Rei Pelé.

Elano deve renovar por mais seis meses, mas pode permanecer no clube mesmo encerrando a carreira de jogador. O clube tem dois planos para ele. Mas o futuro ainda será discutido com o jogador. A ideia é integrá-lo a comissão técnica principal ou utilizá-lo como uma espécie de gerente nas categorias de base.

O meia seria, na verdade, o ‘novo Zito’ da Vila Belmiro. O ex-volante do Santos, da época de Pelé, teve papel de extrema importância na revelação de jovens talentos -entre eles, Robinho, Neymar, Ganso e Gabigol.

No entanto, a função de Elano no clube após o encerramento da carreira só será definida após longas discussões com o jogador.

Apesar de ver tantos pontos positivos, a diretoria do Santos também enxerga que Elano precisa melhorar o seu ‘comportamento estourado’. Por conta disso, o meia coleciona cartões amarelos, mesmo quando está no banco de reservas, e até vermelho, como ocorreu na partida contra o Sport. Neste ano, Elano jogou apenas 12 vezes, não marcou nenhum gol, mas recebeu cinco cartões amarelos e um vermelho.

No geral, Elano vestiu a camisa do Santos em 319 partidas e marcou 68 gols. Além dos títulos brasileiros, o meia foi campeão da Copa Libertadores da América de 2011, e paulista em 2011, 2012 e 2013.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir