Dia a dia

Membros da FDN são presos com metralhadora e espingardas no Novo Aleixo

 

 

Segundo o delegado Guilherme Torres, do DRCO, os suspeitos vinham sendo monitorados há alguns dias, uma vez que eles são integrantes da organização criminosa e possuem vários mandados de prisão em nome deles – Fotos: Ana Sena

Os procurados pela Justiça Bruno Queiroz Ribeiro, 25, e Enderson Fonseca de Brito, o “Buiu”, 27, foram presos na última terça-feira (18), no bairro Novo Aleixo, Zona Norte. Com a dupla, foram encontradas duas espingardas calibre 12, uma metralhadora 9 milímetros, quatro granadas, porções de skank, balança de precisão e cerca de 30 munições de 9 milímetros. Conforme a Polícia Civil, Bruno e Enderson são considerados braços armados da facção criminosa Família do Norte (FDN) e costumavam praticar assaltos e também fazer a segurança da droga com as armas que também eram emprestadas para a prática de roubos por outros criminosos.

Segundo o delegado Guilherme Torres, do Departamento de Repreensão ao Crime Organizado (DRCO), os suspeitos vinham sendo monitorados há alguns dias, uma vez que eles são integrantes da organização criminosa e possuem vários mandados de prisão em nome deles. “Esses homens são traficantes, assaltantes e também envolvidos com homicídios. O Enderson tem quatro mandados de prisão em nome dele, dois por homicídio e dois por roubo. O Bruno já tinha sido preso pelo DRCO por tráfico de drogas ano passado, além das duas passagens que ele tem pelo mesmo crime. Como estamos monitorando os integrantes dessa facção, nós os identificamos e efetuamos a prisão”, falou.

Ainda segundo o delegado, a hipótese que os suspeitos pretendiam praticar arrombamentos de caixas eletrônicos com as granadas não pode ser descartada. “Vamos continuar as investigações para saber quem vendeu essas armas para eles. Possivelmente, esse armamento veio de São Paulo, elas têm um alto poder de fogo. Por conta dessa guerra que vem acontecendo dentro da facção, é importante que esse armamento seja apreendido e esses suspeitos sejam presos”, explicou Torres.

A dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas, associação ao tráfico e posse ilegal de arma de fogo. Bruno será levado a audiência de custódia e Enderson encaminhado ao Centro de Detenção Provisório Masculino.

Ana Sena
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir