Política

Melo participará de Fórum sobre a Amazônia Legal, no Mato Grosso

O governador do Amazonas, José Melo, participará na próxima sexta-feira (29), em Cuiabá, no Mato Grosso, da 10ª reunião do Fórum dos Governadores da Amazônia Legal. O encontro entre os nove governadores dos Estados da região e secretários de meio ambiente vai discutir o planejamento sustentável, mecanismos de cooperação regional, a ampliação do diálogo com o Governo Federal e elaborar propostas para garantir a compensação financeira aos Estados por ações de redução do desmatamento.

As medidas de fortalecimento da política ambiental e as propostas para compensação financeira dos Estados serão elencadas na Carta de Cuiabá, documento que será assinado pelos governadores e encaminhado como contribuição ao Governo Federal para a Conferência do Clima das Nações Unidas (COP 21), que acontecerá em Paris, na França, em dezembro deste ano. Na ocasião, em nova rodada de negociações, a comunidade internacional deve estabelecer as regras de um novo acordo climático global.

Em edições passadas, o Fórum dos Governadores apresentou pleitos importantes para reforçar as políticas de desenvolvimento regional e proteção ambiental da Amazônia. Entre elas, está o esforço para inserir o protocolo de Redução de Emissões provenientes de Desmatamento e Degradação Floresta (REDD+) como medida de mitigação na COP 15, em Copenhague, na Dinamarca, e a elaboração do Pacto para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia, entregue durante na Rio +20.

Com a retomada do Fórum, o bloco de governadores da Amazônia Legal pretende fechar posicionamento dos estados amazônicos sobre as compensações ambientais. O principal objetivo é que os Estados passem a receber financeiramente pela preservação das florestas e a redução nos índices de desmatamento. A ideia é compensar quem contribui na manutenção da floresta, através de investimentos em projetos para apoiar mais os governos para sua proteção.

A décima edição do Fórum ocorrerá no Palácio Paiaguás, a sede do Governo do Estado do Mato Grosso. A recepção comandada pelo governador Garcia Neto terá início com um almoço, seguido de reunião técnica para tratar das negociações da convenção do clima e as perspectivas com a COP 21. A reunião terá a presença do pesquisador do Idesam, Mariano Cenamo, que é coordenador da Força Tarefa dos Governadores para o Clima e as Florestas (GCF).

O GCF é uma plataforma colaborativa entre estados que trabalham para proteger as florestas tropicais e reduzir as emissões do desmatamento e degradação florestal (REDD+), criando estratégias para um desenvolvimento de forma sustentável.

 

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir