Esportes

Melhor velocista brasileira será poupada de 100 m para correr revezamento

A intenção é que ele esteja bem para a disputa do revezamento 4x100 m, no dia 18 - foto: divulgação

A intenção é que ele esteja bem para a disputa do revezamento 4×100 m, no dia 18 – foto: divulgação

Melhor velocista brasileira, Ana Cláudia Lemos, 27, não vai disputar as eliminatórias dos 100 m nesta sexta-feira (12).

A comissão técnica da seleção brasileira de atletismo preferiu poupá-la, após a atleta reclamar de um desconforto muscular pela manhã.

A intenção é que ele esteja bem para a disputa do revezamento 4×100 m, no dia 18. A Confederação Brasileira de Atletismo avalia que há chance de o Brasil brigar por boas posições.

Ana Cláudia quase perdeu a Rio-2016 depois de ser flagrada em exame antidoping, em fevereiro de 2016, com o esteroide oxandrolona.

No dia 3 de agosto, a IAAF (Associação Internacional das Federações de Atletismo) avisou que não recorreria da decisão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) do atletismo, que deu cinco meses de suspensão à atleta, retroativo a fevereiro, o que a liberou para estar na Rio-2016.

“Foi um erro [da farmácia]. Fui vítima de uma contaminação. Agora é recomeçar, conseguir clube, patrocínios, e fazer o melhor pelo atletismo brasileiro”, disse Ana Cláudia na semana passada.

O Brasil terá nas eliminatórias desta sexta Rosângela Santos e Franciela Krasucki.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir