Sem categoria

Meia tonelada de pirarucu ilegal apreendida em barracas do mercado Adolpho Lisboa

Os pescado ilegal estava sendo comercializado em cinco barracas – foto: divulgação/Batalhão

Os pescado ilegal estava sendo comercializado em cinco barracas – foto: divulgação/Batalhão

Meia tonelada de pirarucu seco foi apreendida na manhã deste sábado (29), em barracas do Mercado Municipal Adolpho Lisboa, durante fiscalização realizada pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar.

Segundo a corporação, 403,97 quilos de pirarucu seco foram apreendidos nas bancas de número 13, 14 e 17, onde estavam sendo vendidos de forma ilegal pelo feirante Orlandisson da Costa Sevalho.

Outros 97 quilos foram apreendidos nas barracas de número 15 e 16, sob a responsabilidade do feirante Aladio Camara Amorim.

O pescado seco, sem procedência que, juntamente com os feirantes, foram apresentados no 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Conforme informou a tenente Maria Viana, oficial do Batalhão Ambiental que comandou a fiscalização, o pirarucu é um peixe que se encontra em perigo de extinção e, portando, é protegido o ano inteiro da pesca, captura e comercialização irregulares.

“Somente é autorizado os peixes oriundos de lagos, do manejo e/ou piscicultura s autorizadas”, comentou.

Os peixes, quando possuem origem legal, apresentam lacre do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a guia de transporte e comercialização do pescado, documentos que não foram apresentados pelos feirantes do Mercado Adolpho Lisboa, acrescentou a oficial.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir