País

Médium é encontrado morto em centro espírita na Zona Oeste do Rio

O médium Gilberto Ribeiro Arruda, do Lar de Frei Luiz, um dos centros espíritas mais tradicionais do Rio de Janeiro, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (19). Segundo a polícia, ele estava com hematomas, os pés e as mãos amarrados, a boca amordaçada, além de um corte profundo no braço direito.

Os próprios funcionários do lar, localizado em Jacarepaguá, zona oeste do Rio, chamaram a PM, que chegou ao local por volta das 8h30, quando o médium já estava morto.

A Delegacia de Homicídios investiga o caso. Segundo a Polícia Civil, foi realizada perícia no local do crime. Testemunhas e familiares de Arruda serão ouvidos. Agentes realizam diligências para achar provas que indiquem a autoria do crime.

A polícia não tem ainda, porém, informações sobre a motivação do crime.

De acordo com a PM, o corpo de Arruda foi encontrado em seu quarto, no Lar de Frei Luiz. O médium estava nu, informou a polícia.

Não foi encontrada nenhuma arma ou outro artefato que pudesse ter sido utilizado no crime.

O corpo foi recolhido pelo Corpo de Bombeiros no início da tarde e levado ao Instituto Médico Legal (IML) para perícia.

Em nota assinada pelo presidente, Wilson Vasconcelos Pinto, o centro espírita lamentou a morte: “Médium desde os seis anos de idade no Lar de Frei Luiz, dedicou-se durante toda a sua vida aos necessitados e sofredores com a sua mediunidade de cura. É com saudade na alma que nos despedimos de Gilberto”.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir