Política

Médico pede internação urgente de José Dirceu para exames

Dirceu está detido no Complexo Médico-Penal, em Pinhais (região metropolitana de Curitiba). Ele foi preso em agosto do ano passado na 17ª fase da Lava Jato - foto: divulgação

Dirceu está detido no Complexo Médico-Penal, em Pinhais (região metropolitana de Curitiba)  – foto: divulgação

Preso na Operação Lava Jato, o ex-ministro José Dirceu quer ser internado em um hospital para exames. A defesa dele protocolou um pedido nesta quinta-feira (31) para que a Justiça autorize sua ida a um hospital particular de Curitiba.

Um atestado assinado por um médico de Brasília afirma que Dirceu é um paciente “idoso” -ele tem 70 anos-, que sofre de hipertensão, e se queixa de cefaleia (dor de cabeça) “há mais de 20 dias”. Diz ainda que ele faz uso de medicação de alto custo e pede, ao fim, a internação para exames “em caráter de urgência”.

A defesa, em petição, afirma que o caso exige aparelhagem não disponível no hospital público e que os familiares estão tentando agendar os exames em uma unidade particular de Curitiba. O pedido ainda será analisado pelo juiz Sergio Moro, responsável pelas ações da Lava Jato.

Dirceu está detido no Complexo Médico-Penal, em Pinhais (região metropolitana de Curitiba). Ele foi preso em agosto do ano passado, na 17ª fase da Lava Jato, e é réu em ação penal em que é acusado de receber propina com origem em desvios da Petrobras.

Em janeiro, em depoimento ao juiz, Dirceu afirmou que não consegue “aceitar” sua prisão porque estava à disposição da Justiça, não obstruiu investigações e vinha prestando todas as informações sobre o caso.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir