Dia a dia

Mário Ypiranga e Djalma Batista são interditadas após suspeita de explosivo próximo ao Carrefour de Flores

Há um suposto artefato explosivo em uma mala, próximo às escadarias da passarela que dá acesso ao Carrefour de Flores - foto: Janailton Falcão

Há um suposto artefato explosivo em uma mala, próximo às escadarias da passarela que dá acesso ao Carrefour de Flores – foto: Janailton Falcão

A polícia neutralizou um suposto artefato explosivo que estava em uma mala, deixada em baixo das escadarias da passarela que dá acesso ao supermercado Carrefour, na tarde dessa sexta-feira (8), bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus.

Policiais militares da 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados pelo Centro Integrado de Operações (Ciops).

De acordo com o capitão Mesquita Feitosa, do Grupamento de Manejo de Artefatos e Explosivos (Marte), no interior da mala tinham alguns objetos de origens desconhecidas, porém, até o momento, não houve confirmação se realmente se tratavam de artefatos explosivos. O resultado será divulgado após a perícia técnica.

“Fomos acionados para verificar um objeto que havia sido deixado embaixo da passarela. Chegando ao local, constatamos que se tratava de um objeto suspeito, então, isolamos a área. Dentro da mala foi constatado que havia objetos de origens desconhecidas. Concluímos que se tratava de uns objetos suspeitos, mas ainda não podemos afirmar se era artefato ou não”, disse o capitão.

De acordo com informações de uma flanelinha que preferiu não se identificar, a mala pertence a uma moradora de rua. “Essa mala está desde ontem aí e pertence a uma moradora de rua. Ela vive com essa mala”, disse o homem.

A publicitária Lis Nobrega, 32, estava almoçando em um restaurante nas proximidades de onde o suspeito artefato foi encontrado e disse que ficou nervosa com a situação.

“Eu tinha acabado de entrar no restaurante, quando um dos funcionários informou que havia uma suspeita de bomba em baixo da passarela. Fiquei assustada. O rapaz falou para não ficamos perto do vidro, mas graças a Deus tudo terminou bem”, disse publicitária.

O trânsito ficou complicado nas proximidades. A avenida Mário Ypiranga ficou interditada desde a rotatória do Eldorado até o viaduto de Flores. Já a Djalma Batista foi interditada desde a via que dá acesso à avenida Pedro Teixeira. Agentes do Instituto Municipal de Trânsito (Manaustrans) estavam no local para orientar os condutores.

O material foi recolhido e levado para a perícia técnica. O caso foi registrado no 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde serão feitos os procedimentos para iniciar as investigações.

Por Mara Magalhães

 

1 Comment

1 Comment

  1. ARLESSON ESDRAS DA SILVA

    9 de julho de 2016 at 07:41

    JÁ PENSOU SE FOSSE UMA BOMBA DE VERDADE IRIAM EXPLODIR A PASSARELA ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir