Eleições 2016

Marina Silva comemora um ano de Rede com atividades em Manaus

Marina participou de uma caminhada com a militância da Rede, ontem à noite, no calçadão da Ponta Negra – foto: divulgação

Marina participou de uma caminhada com a militância da Rede, ontem à noite, no calçadão da Ponta Negra – foto: divulgação

Comemorando o primeiro ano de atuação da Rede Sustentabilidade, completado nesta quinta-feira (22), a ex-senadora Marina Silva, fundadora da legenda, participou na noite de ontem de uma caminhada na praia da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. Ao lado dela, o candidato à Prefeitura de Manaus pelo partido, deputado estadual Luiz Castro.

Na manhã de hoje, a ex-parlamentar realiza uma reunião com candidatos a vereador e militantes, no hotel Caesar Business, na avenida Darcy Vargas, Chapada, Zona Centro-Sul.

Após o encontro, ela concederá coletiva no auditório Professor Brito, subsolo do Banco do Brasil, na avenida André Araújo. De lá, Marina seguirá, às 10h30, para uma visita ao mercado Adolpho Lisboa, no centro histórico da capital.  À tarde, às 16h, Marina Silva participa de um encontro com lideranças sociais que atuam na defesa dos direitos de crianças e adolescentes, no comitê de campanha do candidato, no bairro São Francisco.

Durante a caminhada, Marina limitou-se a falar por conta de uma gripe, mas no breve discurso deu ênfase à candidatura de Luiz Castro, que para ela surge como “uma alternativa política para a cidade de Manaus”. Durante a oratória, a ex-senadora afirmou que “política não é tudo a mesma coisa” e que o partido Rede “não é a mesma coisa”.

Para ela, a sigla garante a possibilidade do eleitor de eleger um governo transparente com competência e respeito ao dinheiro público. Na ocasião, ela citou algumas características do plano de governo da Rede, que preza, principalmente, por questões ativistas e sustentáveis. “É necessário fazer investimentos públicos, não somente em ruas para os carros passarem, mas também nas ciclovias e nas ciclofaixas, para que as pessoas possam usar suas bicicletas para se divertir, para trabalhar e economizar na poluição do planeta”, exemplificou.

Marina comenta que fez questão de vir até o encontro do candidato por acreditar que ele apresenta alternativas para governar a cidade. “Eu fico feliz de tê-lo na Rede. Eu fico feliz de estar caminhando com o PMN, com o Aglei Júnior (candidato a vice), que está dispondo da sua juventude e tempo para melhorar a cidade”, disse. Antes da caminhada, Luiz Castro afirmou que é uma honra ter o apoio de Marina, que é a principal líder da Rede. O prefeiturável aproveitou a ocasião para pedir ao público que fosse um multiplicador do número dele, nas eleições.

Na próxima semana acontecerão os últimos debates eleitorais e questionado sobre como pretende reverter esse “prejuízo” da não participação dos encontros, Castro defende que irá se concentrar nas redes sociais, conversas e debates independentes.

“A rede faz um ano amanhã (hoje) e neste ano a gente quer mostrar que pensa diferente, com pé no chão. Somos um partido, que ninguém que tenha qualquer indício de corrupção pode entrar. Para se filiar é necessária formação. Não é só falar, é fazer, e Marina é inspiradora”, completou Castro.

Sobre a atual crise econômica e política que o país vive, Marina fez questão de lembrar, que hoje, o país possui cerca de 12 milhões de pessoas desempregadas e que multiplicado este número por cinco é possível observar o reflexo do desemprego no país.

“Quando você elimina um emprego está tirando a comida da mesa de cinco pessoas”, comentou, ao ressaltar, ainda, que o brasileiro tem que apoiar a operação ‘Lava Jato’. “A política não é para ter ascensão econômica, não é para fazer negócio. É para prestar um serviço”, finalizou.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir