Dia a dia

Marido de Denise chora ao saber por juiz que esposa tinha caso com Marcos Souto

Questionado se a esposa tinha um caso com o empresário, Barreto disse apenas que suspeitava, já que Souto perseguia Denise de carro - foto: Ione Moreno

Questionado se a esposa tinha um caso com o empresário, Barreto disse apenas que suspeitava, já que Souto perseguia Denise de carro – foto: Ione Moreno

O marido de Denise Silva, o advogado Erivelton Barreto, vítima no ‘caso Marcelaine’, chorou após saber pelo juiz Mauro Anthony que a esposa tinha um relacionamento extraconjugal com o empresário Marcos Souto. A informação foi dada pelo magistrado ao advogado, durante seu depoimento na manhã desta quarta-feira (1), no Fórum Ministro Henoch Reis.

Questionado se Denise tinha um caso com o empresário, Barreto disse apenas que suspeitava, já que Souto perseguia Denise de carro. “Havia esse mistério. Tive que dar umas ‘duras’ nele [Marcos Souto] porque ele perseguia  Denise. Questionei  minha esposa sobre a situação. Isso causou várias brigas dentro de casa. Além de ter uma mulher, que se identificava como Ana e Elaine, me ligando direto no celular, trabalho, em casa”, disse.

O homem contou ainda que a mulher que o telefonava se intitulava esposa de Marcos Souto e pedia que ele “cuidasse” da esposa.  Além disso, Barreto relatou que o ‘amante’ da esposa, perseguia o carro da família constantemente. Ele relatou que um dia Solto chegou a buzinar para chamar atenção da família. “Baixei o vidro para ver o que a pessoa queria e quando eviu que era eu quem estava dirigindo, virou na primeira rua”.

Barreto relatou ainda que, por conta das brigas com Denise, chegou a ficar um tempo na casa da mãe. “Essa mulher que ligava fazia um inferno no meu casamento. Por conta disso, acabei indo passar uns dias na minha mãe. Voltei para casa porque temos uma filha de 18 anos, que pedia que eu voltasse. Durante o tempo na minha mãe, as ligações pararam, mas quando eu voltei para  Denise, as ligações também voltaram”.

Já após o crime, o marido de Denise afirmou que chegou a dar um soco na cara de Marcos Souto. “Ele [Marcos Souto] estava no aeroporto e eu tinha acabado de chegar. Ele me olhou com cara de abusado e eu dei um soco nele. Ele começou a gritar ‘Polícia Federal’ e eu fui embora”, comentou.

Após o depoimento de Barreto, a audiência foi suspensa  por 30 minutos para o almoço.

Por equipe EM TEMPO Online

 

1 Comment

1 Comment

  1. Luciano

    3 de junho de 2016 at 16:50

    E um corno safado mais ele comia também que gostosa e muita gata a mulher dele ai chance de ser corno e 100 por cento o cara o Marcos Souto o talarico empresario tem dinheiro poder ai come muita mulher casada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir