Dia a dia

Marcos Souto confirma caso com Marceleine e Denise, mas diz que só as amava no sexo, depois só a esposa

O empresário disse que após o crime de tentativa de homicídio, continuou falando com Denise e Marcelaine - foto: Ione Moreno

O empresário disse que após o crime de tentativa de homicídio, continuou falando com Denise e Marcelaine – foto: Ione Moreno

Entre as testemunhas que depuseram na manhã desta quarta-feira (1º) sobre o ‘caso Marcelaine’, em julgamento no Fórum Ministro Henoch Reis, o empresário Marcos Souto, confirmou ter tido sim um caso com a acusada, assim como com a vítima, que em seu depoimento negou o fato.  

Perguntado, pelo juiz que preside o julgamento, sobre se amava ou não as envolvidas, ele respondeu: “Na hora do sexo eu amava as duas, mas depois disso, só amava a minha esposa”.

O empresário, pivô do triângulo amoroso, disse ainda que, mesmo após o crime de tentativa de homicídio conta Denise, continuou falando com ela, assim como com Marcelaine.

Com esta, Marcos afirmou que mantinha um relacionamento de nove anos e com Denise de, aproximadamente, dois anos, mas que se encontrava com a duas “quando tinha disponibilidade”.

A delegada Geórgia Cavalcante, que na época era adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), também ouvida nesta manhã, negou que seja amiga de Denise e ainda que os suspeitos de praticarem o crime a mando de Marcelaine tenham sidos torturados.

“Denise apenas mora no mesmo prédio que eu, mas não somos amigas”.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir