Cultura

Marchinhas resgatam sátiras à política do país


A Banda do Jaraqui realiza hoje, no Ao Mirante Club, a terceira edição do Festival de Marchinhas, com oito concorrentes – Divulgação

O 3º Festival de Marchinhas da Banda do Jaraqui vai fazer o esquenta do Carnaval de 2017, em Manaus, hoje, com músicas que satirizam a política brasileira. O evento, que inicia a partir das 12h, no Ao Mirante Club, bairro Santo Antônio, Zona Oeste de Manaus, elegerá a melhor marchinha deste ano dentre oito concorrentes.

De acordo com o presidente da banda, Paulo Onofre, o objetivo do festival é atrair foliões mais antigos com o clima de nostalgia trazido pelas antigas e novas marchinhas e fazer uma festa mais familiar, conscientizando os cidadãos a respeito dos acontecimentos políticos no país.

“Queremos resgatar esse escracho das marchinhas políticas e conscientizar o cidadão através das músicas”, afirma.

Uma das canções concorrentes é do compositor amazonense Léo Santos, que já participou do concurso de marchinhas do programa “Fantástico”, da Rede Globo, conquistando o quarto lugar com a faixa “Mamãe eu quero ser, papai não deixa”.

Neste festival, ele concorre com “Faxina geral”, que fala sobre a Operação Lava Jato e de como a força-tarefa tem “limpado” a corrupção existente no esquema descoberto pela Polícia Federal na Petrobras.

A Banda do Jaraqui irá se apresentar no dia 18 de fevereiro, na rua José Paranaguá, bairro Centro, entre os eventos principais do Carnaval de 2017.

Kássio Nunes
EM TEMPO

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir