Política

Marcelo Ramos prestes a assinar filiação no PRB

Marcelo Ramos conversou ontem com vereadores do PMDB, SDD e PV sobre filiação - foto: Alberto César Araújo

Marcelo Ramos conversou ontem com vereadores do PMDB, SDD e PV sobre filiação – foto: Alberto César Araújo

Após vários adiamentos, reuniões, conversas e encontros, inclusive em Brasília, com líderes nacionais, o ex-deputado estadual Marcelo Ramos (sem partido), promete para amanhã o anúncio de qual sigla deve se filiar. Com projeto de candidatura majoritária, Ramos articula se filiar num partido político em que possa garantir o seu nome para disputar a Prefeitura de Manaus. E, ao que tudo indica o Partido Republicano do Brasil (PRB), deverá ser a nova legenda do ex-parlamentar.

Ramos se reuniu na manhã de ontem na Câmara Municipal de Manaus (CMM) com três vereadores de diferentes partidos entre eles, Marcel Alexandre (PMDB); Everaldo Farias (PV); e Fabrício Lima (SDD). Ele se reuniu a sós com cada um em separado.

Por telefone, o peemedebista Marcel Alexandre revelou que o teor da reunião com o ex-deputado foi sobre a possível filiação ao PRB. Segundo ele, Ramos teve conversas com o presidente nacional do partido em Brasília e mostrou bastante interesse na filiação.

“Ele veio conversar conosco sobre uma especulação que saiu em alguns portais aqui do Amazonas, onde ele teria recebido a benção do apóstolo Renê Terranova, da Igreja Restauração, para fazer parte do partido. Mas como falei para o Marcelo, a filiação dele depende do presidente nacional do partido. E essa conversa, ele afirma que teve quando estava em Brasília”, disse Marcel.

Nos bastidores, especula-se que, caso Ramos se filie ao PRB, isso abre brecha para uma conversa futura ou mesmo aliança com o PMDB, comandado no Amazonas pelo ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga.

Já o vereador Everaldo Farias, afirmou que o ex-deputado o procurou com o intuito de continuar o diálogo sobre sua possível filiação ao Partido Verde (PV). “O Marcelo precisa definir qual partido ele vai se filiar. Segundo ele, surgem algumas ideias e eu o informei, caso tenha essa definição, que comunique o partido e caso queira conversar, estaremos dialogando para esse possível projeto”, disse Everaldo.

Everaldo Farias afirma que o ex-deputado não está avaliando apenas a afinidade pelo partido, mas também a composição nacional, quantos deputados federais compõem o PV, em função ao tempo de televisão.
A reportagem não conseguiu contato com o vereador Fabrício Lima, do Solidariedade, cujo partido é comandado no Estado pelo vice-governador Henrique Oliveira.

Político em ascensão no Amazonas, Marcelo Ramos vem de uma trajetória no Parlamento, como vereador e deputado estadual, passando por duas candidaturas majoritárias: em 2012, como vice na chapa que tinha como candidato a prefeito o deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) e, em 2014, como candidato ao governo do Estado, ficando em terceiro lugar nas eleições, forçando um segundo turno no pleito. Nos corredores da CMM, conservas surgem sobre a força que Marcelo vem ganhando para disputar as eleições de 2016, podendo ser um dos principais adversários do prefeito Arthur Neto (PSDB) neste pleito.

Por Henderson Martins

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir