Eleições 2016

Marcelo Ramos apresenta como proposta de mobilidade urbana aplicativo ‘Hora Certa’

Com o aplicativo, o usuário acompanhará on line o trajeto dos ônibus e saberá a hora exata que passará em determinado ponto - foto: divulgação

Com o aplicativo, o usuário acompanhará on line o trajeto dos ônibus e saberá a hora exata que passará em determinado ponto – foto: divulgação

Saber pelo celular a hora exata em que o ônibus chegará ao ponto. Essa será a finalidade do aplicativo Hora Certa, uma das propostas do candidato a prefeito de Manaus Marcelo Ramos, da Coligação Mudança para Transformar, na área do transporte coletivo e mobilidade urbana. “Vamos integrar os GPS já existentes nos ônibus com o georreferencimento dos pontos e terminais, funcionando com uma espécie de Waze (aplicativo de trânsito e navegação) do transporte coletivo”, explicou Marcelo Ramos.

Com o aplicativo, o usuário acompanhará on line o trajeto dos ônibus e saberá a hora exata que passará em determinado ponto. “Isso vai facilitar a vida de quem usa o transporte coletivo, pois não precisará ficar longos minutos esperando o coletivo exposto a sol, chuva e aos assaltantes”, detalhou o candidato, em entrevista na manhã desta terça-feira (30) a uma rádio da capital.

O serviço fará parte do Sistema Inteligente de Mobilidade (SIM), plataforma do plano de governo de Marcelo Ramos que propõe soluções para o transporte em Manaus.  Além de inovações como o Hora Certa, estão previstas a implementação da sinalização inteligente, a execução de obras de infraestrutura de transporte e o aumento da velocidade média da frota de ônibus como instrumento para desafogar o trânsito e dar mais agilidade ao transporte coletivo.

“Não há caminho para o trânsito que não passe pelo transporte coletivo. Nossa obsessão será aumentar a velocidade média dos ônibus, que hoje é de 17 km/h, para 35 km/h. Ônibus que anda mais rápido, demora menos, anda menos lotado e acaba demandando mais ônibus para a linha. Com ônibus mais rápidos, precisa-se de menos ônibus e se diminui o custo operacional da linha, segurando a tarifa”, explica Marcelo Ramos.

Meio alternativos

Marcelo Ramos também propõe o incentivo a meios alternativos de deslocamento.  Dentre elas, está a melhoria da infraestrutura de vias e calçadas para incentivar médios e pequenos deslocamentos a pé, o investimento em ciclorrotas em vias de menor circulação dos bairros para os terminais, onde serão construídos bicicletários, evitando a primeira viagem do bairro para o terminal de ônibus; e a execução da obra do Corredor Ecológico do Mindu, cujo Parque Linear previsto no projeto contempla uma ciclovia que se estenderá da reserva Ducke, na Cidade de Deus, até o Parque dos Bilhares, na Constantino Nery.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir