Esportes

Maradona diz que cartola negociou derrota da Argentina na Copa de 1990

O craque argentino Diego Maradona revelou que o cartola Júlio Grondona, que dirigiu a Associação de Futebol Argentina (AFA) até morrer, no ano passado, também teria negociado o resultado da Copa de 1990.

Na ocasião, a Argentina perdeu da Alemanha por um a zero, após o juiz mexicano Edgardo Codesal apitar um pênalti controverso, em favor dos alemães, no final do segundo tempo.

Maradona, que jogava na seleção, revelou que o cartola argentino já tinha negociado a derrota. Naquele ano, a Alemanha faria a unificação do país, após a queda do Muro de Berlim, em 1989.

“Grondona, na final do mundial de 1990, me disse ‘até aqui chegamos’ e que estávamos entregues”, afirmou o craque.

Segundo Maradona, o cartola não brigou, nem questionou o lance duvidoso apitado pelo árbitro mexicano.

“[Grondona] nos entregou como os chilenos nos entregaram nas Malvinas”, afirmou.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir