Sem categoria

Manifestantes entregam carta com reivindicações ao ministro do STF, em Manaus

Conforme o Sitraam, os servidores do Judiciário Federal estão sem reposição salarial desde 2006- foto: divulgação /Sitraam

Conforme o Sitraam, os servidores do Judiciário Federal estão sem reposição salarial desde 2006- foto: divulgação /Sitraam

Um grupo de servidores da Justiça Federal, Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e Tribunal Regional Eleitoral (TRE), realizou um protesto usando faixas, cartazes, buzinas e apitos, na manhã desta sexta-feira (7), em frente à sede do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), aproveitando a presença do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski. O ato que durou cerca de três horas e foi encerrado após Lewandowski dispensar os seguranças e receber um documento que constava as reivindicações dos manifestantes.

Conforme o presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça do Trabalho (Sitraam), Luiz Cláudio, os servidores do Judiciário Federal, que estão sem reposição salarial desde 2006, pediram ao ministro celeridade e viabilização nas negociações para a derrubada do veto da presidente em favor da PLC 28/2015, que autoriza o reajuste para a categoria aprovado pelo Congresso Nacional.

A sessão administrativa do STF está prevista para o dia 12 de agosto, quando a proposta deverá analisada e as negociações finalizadas.

O ministro Ricardo Lewandowski veio a Manaus acompanhar um projeto Audiência de Custódia no Estado do Amazonas, que o prevê a apresentação dos presos em flagrante a um juiz no prazo de 24 horas, conforme estabelecido nos tratados internacionais de direitos humanos firmado pelo Brasil.

Por Conceição Melquíades

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir