Política

Manifestantes contra o impeachment montam acampamento em Brasília

Movimentos sociais contrários ao impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff, cuja votação final deve ser concluída na próxima quarta-feira (30), começaram a levantar acampamento em Brasília neste domingo.

Embora o número de ônibus com militantes que chegam à capital seja bem menor do que o observado na votação da admissibilidade do impeachment na Câmara, em abril, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), que lidera a mobilização, disse que espera reunir ao menos 5 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios amanhã (29), quando Dilma irá ao Senado fazer sua defesa em plenário.

Os militantes, sobretudo camponeses, prometem ficar acampados em Brasília até o momento final do impeachment.

Por Agência Brasil

1 Comment

1 Comment

  1. APJr

    28 de agosto de 2016 at 21:25

    NÃO HÁ EXEMPLO HISTÓRICO DE PAÍS QUE, SENDO SOCIALISTA, TENHA ALCANÇADO PROGRESSO !! Historicamente, todas as nações que se dispuseram à prática de ideologias de fundamentação marxista, acabaram em miséria e ditaduras sanguinárias; como a URSS, China, Coréia do Norte, Alemanha Oriental, Camboja, Laos, Cuba, etc.; onde assassinaram mais de cem milhões de cidadãos, muitas deles de fome. A CONVIVÊNCIA ENTRE SOCIALISMO E DEMOCRACIA É COMPROVADAMENTE IMPOSSÍVEL, e o Brasil precisa decidir se é uma nação democrática, ou, se como desejam os nossos partidos de esquerda – PT, PTB, PSOL, PCB, PC do B – é socialista. Se a opção for pela democracia, necessitamos urgentemente de duas coisas: Livrarmo-nos desses vermelhinhos todos e fazermos uma radical desPTização do país !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir