Dia a dia

Manifestação reúne motoxistas em frente à sede do MPE, na Zona Oeste

Os manifestantes pretendem acampar em frente ao PME até serem recebidos pelo promotor Ronaldo Andrade - foto: Conceição Melquíades

Os manifestantes pretendem acampar em frente ao PME até serem recebidos pelo promotor Ronaldo Andrade – foto: Conceição Melquíades

Um grupo de aproximadamente 200 mototaxistas realiza nesta terça-feira (20) uma manifestação em frente à sede do Ministério Público do Estado (MPE), na Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus.

Eles se reuniram por volta de 9h na chamada Alameda do Samba, no Dom Pedro, Zona Centro-Oeste, e de lá seguiram para a frente da sede do MPE, onde pretendem acampar até que sejam recebidos pelo promotor Ronaldo Andrade, que recomendou à Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) a não publicação a lista final da concorrência Pública 01/2015, referente à licitação para 1.635 mototaxistas.

A SMTU suspendeu a divulgação da lista no dia 4 de setembro, atendendo à recomendação da 78ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção do Patrimônio Público do MP-AM.

O representante da Cooperativa de Mototaxista, Moto frete e Motoboy do Amazonas (Coopfretab-AM), Jessé dos Santos, comentou que no processo licitatório, a SMTU avaliou e deu prazo de 40 dias para que quem se sentisse prejudicado pudesse recorrer.

“O que está acontecendo é que o promotor está dando ouvidos para uma minoria que não conseguiu a pontuação necessária. Isso está atrapalhando o andamento do processo”, disse Jessé.
O representante da cooperativa disse ainda que, para resolver o problema dos não legalizados, a prefeitura teria de abrir mais vagas para os colegas que possuem os requisitos de aprovação, mas por não haver disponibilidade destas, não foram contemplados.

“Somos quase 12 mil profissionais atuando. Se não for resolvida a regularização dos demais, além de uma forte fiscalização, haverá sempre bandidos infiltrados em nosso meio, se aproveitando e usando a nossa imagem para cometer os crimes”, pontuou Jessé.

Durante o ato, o presidente da União dos Mototaxista do Amazonas, Orlando Bindá, e presidente da Central Única dos Mototaxistas, Paulo Falcão, além de outros dois membros da categoria, foram recebidos pelo promotor Edilson Queiroz Martins, em substituição e Ronaldo Andrade, que está fora da capital.

Logo em seguida, conseguiram também ser atendidos pelo procurador geral de Justiça, Carlos Fábio Braga Monteiro, mas foram informados que terão realmente de aguardar a volta de Ronaldo Andrade para a próxima sexta-feira (23).
Três viaturas militares da Força Tática foram ao local da manifestação reforçar a segurança e garantir que os mototaxistas não bloqueariam a rua.

Agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) acompanharam os manifestantes desde a concentração, na alameda do Samba, e permanecem no local controlando o tráfego que não foi alterado até a publicação desta matéria.

Reunião

Ainda nesta terça-feira, uma comissão formada por quatro representantes da categoria participaram de uma reunião com o secretário da Casa Civil, Márcio Noronha, que representou o prefeito Arthur Neto. Durante o encontro, eles foram informados que somente após o retorno do promotor Ronaldo Andrade, a prefeitura poderá dar um direcionamento ao caso.

Os mototaxistas prometem se revezar em ‘vigília’ na frente do MPE até terem seus problemas resolvidos. “Vamos ficar acampados aqui até a sexta-feira e por quanto tempo mais for necessário até sermos recebidos pelo promotor e resolvermos esse problema”, afirmou Jessé dos Santos, da Coopfretab-AM.

Matéria atualizada às 14h para inserção de novas informações

 

Por Conceição Melquíades

 

2 Comments

2 Comments

  1. jof

    23 de outubro de 2015 at 22:30

    Temos ouvido muito a palavra “esperar ‘ nessa licitação dos moto taxi, e prazos também é 30, 60 e até 90 dias temos aguardado está conclusão, só o que está faltando agora é nós acreditamos em papai Noel ?, até onde chegamos.

  2. Ronilson

    22 de outubro de 2015 at 03:00

    E as obras das praças do centro de Manaus pq não meçam e a do terminal 2 e o resultado dos mototaxis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir