/* */
País

Manifestação anti-Temer reúne centenas de pessoas na av. Paulista

Os manifestantes chegaram a ocupar toda a pista sentido Consolação – foto: Reprodução/Twitter-Mídia NINJA

Centenas de manifestantes se reuniram na noite desta quarta-feira (17) em frente ao Masp, na av. Paulista, para protestar contra o governo de Michel Temer (PMDB). Os manifestantes chegaram a ocupar toda a pista sentido Consolação, provocando paralisação do trânsito no local.

Antes mesmo da divulgação do conteúdo de gravações que implicam Temer no início desta noite, já havia um debate promovido pela Frente Povo Sem Medo, que discutia as reformas trabalhista e previdenciária patrocinadas pelo governo. Outros movimentos aderiram ao ato, como a Frente Brasil Popular.

Após a publicação do conteúdo das gravações, mais manifestantes foram convocados por meio das redes sociais, engrossando o público no local.

Os manifestante protestam contra o governo de Michel Temer – Divulgação

Houve uma negociação com a polícia para que uma parte da avenida fosse interditada para dar espaço para a manifestação, mas o pedido foi negado, o que não impediu os manifestantes de levarem a intenção a cabo.

Entre os gritos de ordem estão os pedidos de “diretas já”, “fora, Temer” e cânticos pedindo o fim do governo do peemedebista.

Entre os manifestantes estava o ator Otávio Muller, que disse: “Vim aqui porque estou indignado e sou contra o governo Temer. Não sou fili ado partido nenhum. Sou um cidadão de bem, comum e que tenho o direito de me manifestar”. “O problema é que acordo cedo amanhã para a gravação, porque cinema se grava cedo”, lamentou.

Convocação

Os movimentos populares divulgaram o texto abaixo nas redes sociais: “A Frente Brasil Popular e a Frente Povo Sem Medo convocam todos e todas para construir atos e manifestações em todas as capitais do Brasil para exigir a saída do presidente Michel Temer e eleições diretas.

As provas divulgadas hoje de corrupção e suborno para calar o ex-deputado Eduardo Cunha comprovam, o que há mais de um ano afirmamos, que o presidente ilegítimo Michel Temer não tem nenhuma condição de continuar na presidência da República.
Só o voto popular pode resolver essa imensa crise política, resgatar a democracia e credibilidade na principal instituição brasileira. Qualquer outra saída será golpe dentro do próprio golpe.

É por isso, que as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo convocam todos e todas para ocupar as ruas no próximo domingo, dia 21 de maio, de todas as capitais do país para exigir Fora, Temer e Eleições Diretas, Já!”

Thiago Rocha
FolhaPress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir