Dia a dia

Manaustrans divulga balanço da restrição de veículos pesados  em vias da capital

Noventa e dois veículos pesados foram abordados e 37 autuados, até às 17h desta segunda-feira (27), foi o resultado da fiscalização  desde o primeiro dia de  restrição de circulação de veículos pesados,  no dia 20, determinada em portaria pela Prefeitura de Manaus. O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) iniciou a operação após 15 dias de orientação a condutores e empresas transportadoras.

As avenidas  Umberto Calderaro, Mario Ypiranga Monteiro e Maceió estão sinalizadas com placas que indicam os horários de proibição de acordo com o Peso Bruto Total (PBT) de cada veículo.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar com veículos com dimensões ou cargas superiores aos limites estabelecidos legalmente ou pela sinalização, é infração grave, equivalente a cinco pontos na Carteira de Habilitação, com multa no valor de R$ 127,69 e retenção do veículo. O caminhão que circular em locais e horários não permitidos pela regulamentação estabelecida sofre infração média, com multa no valor de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH.

Confira as normas para circulação de veículos pesados:

Av. Umberto Calderaro

Até 8 toneladas: livre circulação em qualquer horário.

De 8 a 16 toneladas: proibido de circular no horário de 17 às 20 horas.

Acima de 16 toneladas: proibido circular das 6 às 20 horas.

Av. Mario Ypiranga Monteiro

Até 8 toneladas: livre circulação em qualquer horário.

De 8 a 16 toneladas: proibido circular no horário de 6 às 9 horas da manhã.

Acima de 16 toneladas: proibido circular das 6 às 20 horas.

Maceió (entre Av. Efigênio Sales e Av. Álvaro Botelho Maia)

Até 16 toneladas: Livre circulação em qualquer horário

Acima de 16 toneladas: proibido circular das 6 às 20 horas.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir