Cultura

Manaus terá produções de dança com entrada gratuita de hoje a domingo

A Momento Companhia de Dança surgiu em 2013, a partir da necessidade de Valdo desenvolver pesquisas corporais, utilizando a companhia como seu instrumento - fotos: divulgação

A Momento Companhia de Dança surgiu em 2013, a partir da necessidade de Valdo desenvolver pesquisas corporais, utilizando a companhia como seu instrumento – fotos: divulgação

De hoje a domingo (19), o Espaço das Cias. recebe o espetáculo de dança-teatro ‘Pietá’, do Momento Companhia de Dança, às 20h, com entrada gratuita. A apresentação integra o projeto ‘Artes em 14’, contemplado pelo Edital Prêmio Manaus de Ocupação Artística 2015, da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

A palavra “Pietá”, que intitula a performance dirigida e coreografada pelo bailarino Valdo Malaq, significa piedade e discursa sobre os diversos olhares para a morte. “A inspiração veio de obras que retratam o momento em que Jesus é tirado da cruz e sua mãe Maria acolhe seu corpo nos braços. Essas obras são nomeadas ‘Pietá’”, explica o diretor.

Valdo é integrante da Companhia de Dança do Amazonas, desde 2008, e trabalhou com inúmeros coreógrafos, entre eles Mário Nascimento e Jorge Garcia. Atualmente, ele desenvolve uma pesquisa abrangendo diferentes técnicas que buscam neutralizar os movimentos.

A Momento Companhia de Dança surgiu em 2013, a partir da necessidade de Valdo desenvolver pesquisas corporais, utilizando a companhia como seu instrumento. O espetáculo estreou em 2014 e o elenco conta com quatro intérpretes: Marta Patrícia, Simone Batista, Felipe Cassiano e Felipe Hidalgo. A montagem possui um cenário denso, onde os intérpretes conduzem o público a uma viagem sombria.

“Nesse trabalho, a morte é só um olhar, um estado, um instante que percorre todos os momentos de uma vida como sombra de um cordeiro negro e imaculado”, finaliza Valdo.

Premiado

O espetáculo “CASARdá? ou Aqui você compra o tão sonhado sonho”, do Corpo de Dança do Amazonas, é a atração de hoje, no Teatro da Instalação, a partir das 19h. A apresentação, gratuita, têm direção artística de Getúlio Lima e João Fernandes, com coreografia de Alex Soares, e é uma promoção do governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Ao todo, 13 bailarinos participam da produção, que é parte do projeto “Construindo Diálogos”, do Corpo de Dança do Amazonas, vencedor do Prêmio Klauss Vianna de Dança (2014), promovido pela Fundação Nacional das Artes. Além do espetáculo no Teatro Amazonas, no começo deste mês, o projeto também contemplou outras atividades realizadas ao longo do ano, como a oficina “Corpo de Dança do Amazonas: dança contemporânea e processos criativos em dança”, ministrada pelos professores André Duarte e Adriana Góes, do curso de dança da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

O paulista Alex Soares, que é diretor de coreografia do espetáculo, ressalta que a construção e a criação têm sido uma experiência coletiva, feita com todos os bailarinos do Corpo de Dança. “Estou em Manaus desde o início do mês de maio, e já vim com uma ideia pré-pronta. No entanto, a verdadeira construção nós pudemos fazer aqui, com os bailarinos. Sem dúvida, será uma apresentação de altíssima qualidade”, afirma.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir