Esportes

Manaus recebe pela primeira vez campeonato brasileiro de handebol feminino

Arena Amadeu Teixeira receberá Campeonato Brasileiro Cadete de Handebol Feminino - foto: Antônio Lima

Arena Amadeu Teixeira receberá Campeonato Brasileiro Cadete de Handebol Feminino – foto: Antônio Lima

Manaus vai receber pela primeira vez o Campeonato Brasileiro Cadete de Handebol Feminino, entre os dias 8 e 12 de outubro, na Arena Amadeu Teixeira, localizada na avenida Constantino Nery, Zona Centro-Sul da cidade. Tentando o título inédito, o Rio Negro é o único representante da cidade anfitriã e vai disputar com mais sete equipes do país.

Também concorrerão ao título as equipes do Clube Pinheiros (SP), São Bernado/Metodista (SP), Mesc (SP), Hand Torres (RS), Clube Português (PE), Campo Verde (MS) e Objetivo (RR). As equipes irão desembarcar na capital a partir desta segunda-feira (3). As delegações ficarão hospedadas no alojamento da Vila Olímpica de Manaus, na Zona Centro-Oeste.

De acordo com o presidente da Liga de Handebol do Amazonas (Liham), Jefferson Oliveira, o certame que é de alto nível irá proporcionar oportunidade às atletas mais jovens. No futuro, o intercâmbio esportivo gerará reflexo positivo, conforme detalhou o principal representante da Liham. Isso porque, a última vez que o Amazonas disputou a categorias Cadetes foi em 2002.

“Vamos ter aqui uma média de 130 atletas, com grandes equipes teremos a chance de impulsionar a modalidade, ao conquistar novas atletas e revelar jogadoras. Faz tempo que não temos um time daqui, o último foi o Dance Hall, e esse retorno já é uma vitória muito grande. Nosso objetivo é fortalecer a categoria, principalmente com o apoio que a gente vem recebendo da Sejel”, declarou Jefferson.

Oliveira destacou a expectativa para a realização da disputa em território amazonense. Segundo ele não falta ânimo por parte dos bastidores da competição.

Elenco recheado

O treinador da equipe do Galo da Praça da Saudade, Harrison Jennings, explicou que o elenco foi montado especialmente para o Campeonato Brasileiro e que as meninas estão treinando desde o início do ano, durante quatro vezes na semana.

“Nosso time é uma mescla das integrantes do Rio Negro, do Sólon de Lucena, do Almirante do Mauazinho e de algumas meninas do interior que participaram dos Jogos Escolares do Amazonas (Jeas) neste ano. Desta forma, formamos uma equipe forte, que vem aí para combater principalmente o Português, que é o atual campeão, o Metodista e o Pinheiros, as quais imagino que darão muito trabalho”, destacou o comandante.

Com uma missão árdua, mas cheia de confiança, a equipe do Amazonas vem também trabalhando o psicológico para conquistar o tão sonhado topo do pódio. “As meninas estão ansiosas, mas preparadas psicologicamente para a competição. É natural o nervosismo, mas a concentração e a vontade de vencer são maiores. Nossa tarefa não será fácil, mas vamos tentar cumprir com êxito e conquistar medalha para nosso Estado”, afirmou.

Com informações de assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir