Esportes

Manaus recebe pela primeira vez campeonato brasileiro de handebol feminino

Arena Amadeu Teixeira receberá Campeonato Brasileiro Cadete de Handebol Feminino - foto: Antônio Lima

Arena Amadeu Teixeira receberá Campeonato Brasileiro Cadete de Handebol Feminino – foto: Antônio Lima

Manaus vai receber pela primeira vez o Campeonato Brasileiro Cadete de Handebol Feminino, entre os dias 8 e 12 de outubro, na Arena Amadeu Teixeira, localizada na avenida Constantino Nery, Zona Centro-Sul da cidade. Tentando o título inédito, o Rio Negro é o único representante da cidade anfitriã e vai disputar com mais sete equipes do país.

Também concorrerão ao título as equipes do Clube Pinheiros (SP), São Bernado/Metodista (SP), Mesc (SP), Hand Torres (RS), Clube Português (PE), Campo Verde (MS) e Objetivo (RR). As equipes irão desembarcar na capital a partir desta segunda-feira (3). As delegações ficarão hospedadas no alojamento da Vila Olímpica de Manaus, na Zona Centro-Oeste.

De acordo com o presidente da Liga de Handebol do Amazonas (Liham), Jefferson Oliveira, o certame que é de alto nível irá proporcionar oportunidade às atletas mais jovens. No futuro, o intercâmbio esportivo gerará reflexo positivo, conforme detalhou o principal representante da Liham. Isso porque, a última vez que o Amazonas disputou a categorias Cadetes foi em 2002.

“Vamos ter aqui uma média de 130 atletas, com grandes equipes teremos a chance de impulsionar a modalidade, ao conquistar novas atletas e revelar jogadoras. Faz tempo que não temos um time daqui, o último foi o Dance Hall, e esse retorno já é uma vitória muito grande. Nosso objetivo é fortalecer a categoria, principalmente com o apoio que a gente vem recebendo da Sejel”, declarou Jefferson.

Oliveira destacou a expectativa para a realização da disputa em território amazonense. Segundo ele não falta ânimo por parte dos bastidores da competição.

Elenco recheado

O treinador da equipe do Galo da Praça da Saudade, Harrison Jennings, explicou que o elenco foi montado especialmente para o Campeonato Brasileiro e que as meninas estão treinando desde o início do ano, durante quatro vezes na semana.

“Nosso time é uma mescla das integrantes do Rio Negro, do Sólon de Lucena, do Almirante do Mauazinho e de algumas meninas do interior que participaram dos Jogos Escolares do Amazonas (Jeas) neste ano. Desta forma, formamos uma equipe forte, que vem aí para combater principalmente o Português, que é o atual campeão, o Metodista e o Pinheiros, as quais imagino que darão muito trabalho”, destacou o comandante.

Com uma missão árdua, mas cheia de confiança, a equipe do Amazonas vem também trabalhando o psicológico para conquistar o tão sonhado topo do pódio. “As meninas estão ansiosas, mas preparadas psicologicamente para a competição. É natural o nervosismo, mas a concentração e a vontade de vencer são maiores. Nossa tarefa não será fácil, mas vamos tentar cumprir com êxito e conquistar medalha para nosso Estado”, afirmou.

Com informações de assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir