Esportes

Manaus já vive clima Olímpico

Um forte aparato de segurança é reforçado pela presença das forças armadas nas ruas - foto: Ricardo Oliveira

Um forte aparato de segurança é reforçado pela presença das forças armadas nas ruas – foto: Ricardo Oliveira

A partir deste domingo, Manaus se veste definitivamente de cidade olímpica. A cinco dias da primeira partida do Torneio Olímpico de Futebol, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, a capital amazonense abrirá o cronograma de recepção das oito seleções que chegarão pelo Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, e com forte aparato de segurança reforçado pela presença das forças armadas nas ruas.

Conforme informações divulgadas pelo Comitê Organizador do Torneio de Futebol Olímpico Manaus 2016, diferente da forma que aconteceu na Copa do Mundo de 2014, quando as seleções chegavam em cima da hora, delegações masculinas da Suécia e do Japão  chegarão neste sábado (30), enquanto as comitivas masculinas da Colômbia e da Nigéria chegaram na madrugada deste domingo (31).

De acordo com o Comitê, no próximo domingo (7), é a vez das seleções femininas, data do segundo dia de rodada dupla dos times masculinos, pelo Grupo B, na Arena da Amazônia. Os voos das comissões técnicas e jogadoras dos Estados Unidos e Colômbia pousam no mesmo horário, às 16h. Em seguida, a Seleção Brasileira Feminina chega às 18h e, por último, às 19h, desembarca a delegação da África do Sul, equipe adversária da atacante Marta e companhia.

As comitivas das oito seleções, que jogarão em Manaus, nos dias 4, 7 e 9, na Arena da Amazônia, ficarão hospedadas no Tropical Hotel, na Praia da Ponta Negra, Zona Oeste. E a partir de hoje (31), até a próxima quarta-feira (3), as seleções masculinas realizarão seus treinos nos estádios da Colina, bairro São Raimundo, Zona Centro-Oeste, no Carlos Zamith, bairro Coroado, Zona Leste, e Roberto Simonsen (Sesi), São José, também Zona Leste (leia mais na E7).

Para reforçar a segurança o Exército Brasileiro, que realizou reconhecimento aéreo em Manaus até 21 de julho. E já nesta semana o Comando Militar da Amazônia (CMA) ganhará reforço na capital amazonense das tropas do município de Tefé (a quilômetros de Manaus) e dos Estados de Roraima, Goiânia e do Rio de Janeiro, em busca de auxiliar os órgãos de segurança do Amazonas na defesa da população e dos atletas olímpicos.

Com um tempo médio de dez dias que as oito seleções olímpicas masculinas e femininas passarão em Manaus, a expectativa do comércio é de aquecer as vendas de produtos relacionados ao clima olímpico, como camisas e bandeiras, entre outros acessórios. Mas, também de artesanato, como espera da artesã Ivone Duque Coelho, 63, permissionária da Feira do Artesanato Tenreiro Aranha, localizada no Centro.

“Já é possível sentir esse tal de clima olímpico. Mas esperamos que os turistas que virão prestigiar os jogos, eles tenham tempo de conhecer uma pouco mais da nossa cultura nos restaurantes e também do nosso artesanato”, diz a artesã, que está na atividade há mais de 40 anos.

Por Emerson Quaresma e assessoria

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

grupo
Subir