Esportes

Manaus e Penarol brigam pela segunda posição na semifinal do Amazonense Sub-20, neste sábado

Na briga pela segunda colocação, Manaus - segundo colocado com 30 pontos - e Penarol - terceiro colocado com 29 pontos  - foto: divulgação

Na briga pela segunda colocação, Manaus – segundo colocado com 30 pontos – e Penarol – terceiro colocado com 29 pontos – foto: divulgação

Com os quatro semifinalistas definidos, a sétima e última rodada da segunda fase do Campeonato Amazonense Sub-20 terá três jogos na tarde deste sábado (11). Na briga pela segunda colocação, Manaus – segundo colocado com 30 pontos – e Penarol – terceiro colocado com 29 pontos – entram em campo em ritmo de preparação e de olho em vantagens para a semifinal. As partidas serão realizadas nos estádios Carlos Zamith e Ismael Benigno, a Colina. A competição conta com o apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

No lugar mais alto da tabela, o Fast foi a primeira equipe a conquistar a vaga na semifinal. Sem o perigo de perder a posição, o Tricolor promete não facilitar a vida do Manaus, às 16h, no estádio da Colina. O Rolo Compressor quer fechar a fase com a vitória, o que poderá atrapalhar a vida do Gavião caso seja derrotado e o Penarol vença o eliminado Rio Negro.

“Tivemos o nosso objetivo de ser primeiro para evitar uma viagem à Itacoatiara. Atingimos este objetivo e a meta agora é manter o foco e comprometimento para alcançar o bicampeonato”, garantiu o treinador do Fast, Darlan Borges.

Vencer 

Em busca da vitória e na torcida por um tropeço do Manaus, o Penarol acredita nos três pontos contra o Rio Negro, às 15h30, no estádio Carlos Zamith, na Zona Leste. Invicto nesta segunda fase e com a moral elevada por ter vencido os líderes – Fast e Manaus – o comandante da tropa do Leão da Velha Serpa acredita numa tarde feliz para o time do interior.

“A importância de vencer e contar com a derrota do Manaus é que na fase semifinal nós vamos decidir o segundo jogo em casa, dentro do Floro (Mendoça, em Itacoatiara). Teremos a melhor campanha e jogaremos em casa. Para isso precisamos vencer e torcer para que o Manaus perca”, afirmou o treinador, que vai poupar cinco jogadores para a partida.

“Nós temos um plantel e um banco de reservas forte. Não tenho nenhum receio quanto a isso”, declarou Ruy Aparício.

Despedida

Sem chances de classificação, Holanda e Nacional se enfrentam às 17h30, no estádio Carlos Zamith.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir