Sem categoria

Manaus deve registrar temperaturas mais altas em setembro e outubro

Manaus deve registrar temperaturas mais altas durante os meses de setembro e outubro - foto: Ricardo Oliveira

Manaus deve registrar temperaturas mais altas durante os meses de setembro e outubro – foto: Ricardo Oliveira

A onda de calor registrada em Manaus nos últimos dias pode não ter atingido o maior pico este ano. De acordo com o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), por enquanto, a média das temperaturas têm alcançado a média dos 35°C. Entretanto, será nos meses de setembro e outubro que os manauaras poderão ser surpreendidos com temperaturas que podem chegar a 37ºC à sombra.

Conforme a meteorologista do Sipam, Renata Loureiro, o maior pico de calor registrado foi de 37°C, observado às 15h da última quinta-feira (20), nos termômetros da estação meteorológica automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), situada entre as avenidas Mário Ypiranga Monteiro e Maceió, na Zona Centro-Sul.

“Vale ressaltar que no mesmo período do ano passado, a temperatura máxima registrada foi de 36,3°C. Já a sensação térmica, levando em consideração temperatura do ar observada e a umidade relativa do ar, no mesmo horário, foi de 40°C”, informou Renata.

Fenômeno

Segundo a meteorologista, além do período seco com redução de nebulosidade que é próprio desta estação pela migração da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), o ‘El Niño’ é o principal fenômeno responsável pelas temperaturas acima da média tanto na capital quanto na Região Metropolitana de Manaus (RMM).

“A estação seca começou em junho e vai até meados de outubro, com chuvas e temperaturas típicas da estação, onde setembro é o mês mais quente. O aumento das temperaturas, típico dessa época do ano, se dá devido à redução da nebulosidade. A previsão para essa estação seca indica anomalias positivas de temperaturas no leste e nordeste do Estado onde se espera chuvas ligeiramente abaixo da climatologia e, por consequência, temperaturas um pouco acima da média nessas áreas”, explicou.

Chuvas

Loureiro informou ainda que apesar da pouca ocorrência de precipitação nesta época do ano e umidade relativa do ar mais baixa que o normal para a região, amanhã à tarde pancadas de chuva deverão atingir determinadas áreas da capital amazonense.

Dados da Estação Convencional do Inmet registraram no início do mês até o último dia 23, um total de 4,1 milímetros de chuva. A previsão é que o índice pluviométrico deve ficar abaixo da normalidade para este mês, quando o intervalo climatológico considerado normal é de 39 e 64 milímetros.

Por Cecília Siqueira

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir