Sem categoria

Mais uma criança morre ao cair em igarapé de Manaus, durante a chuva

O pai da criança, que não teve o nome revelado, ficou muito abalado - foto: divulgação/bombeiros

O pai da criança, que não teve o nome revelado, ficou muito abalado – foto: divulgação/bombeiros

Um menino, identificado como Guilherme Guerreiro, de 7 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (5), ao cair no igarapé Sapolândia, localizado entre a rua 8 e 9, no bairro Alvorada 2, Zona Centro-Oeste de Manaus. Após buscas, o corpo da criança foi encontrado nas proximidades da Delegacia Geral, também na Zona Centro-Oeste.

A criança foi encontrada boiando no igarapé por um morador do bairro, identificado como Pedro Marcos Ribeiro, 47. Segundo o homem, não é a primeira vez que um corpo é encontrado no local.

Vizinhos do menino disseram à polícia, que ele saiu da casa para ir ao restaurante do pai entregar um dinheiro. No trajeto, ele passou próximo à margem do igarapé, se desequilibrou e caiu dentro do córrego. Chovia muito no momento do acidente. O pai da criança, Djalma Guerreiro, esteve no local, mas preferiu não comentar sobre o fato, pois estava muito abalado.

Conforme os moradores, toda vez que chove o nível do igarapé Sapolândia aumenta, elevando o risco de acidentes.

“Fizemos o acompanhamento do ponto de onde a criança caiu, montamos uma equipe e fomos fazendo buscas desde o local de onde ele caiu. Como a correnteza estava muito forte, pegamos uma lancha, no Porto do São Raimundo e retomamos as buscas desde lá, com 6 viaturas, um bote e em torno de 25 bombeiros. A distância de onde ele caiu para onde foi achado é em torno mais ou menos de 10 quilômetros”, disse o tenente João Filho do Corpo de Bombeiros.

O corpo da criança foi levado pelos bombeiros para o Instituto Médico Legal (IML).

Outro caso

No dia 24 do mês passado, o menino André Pereira, de 6 anos, também foi encontrado morto, após cair em bueiro, enquanto jogava futebol com o pai, na avenida Penetração, bairro Amazonino Mendes (Mutirão), na Zona Norte de Manaus. O corpo dele foi encontrado no Igarapé do Mindú, bairro Parque Dez, Zona Centro-Sul, após três dias de buscas.

Mesmo após ter sido encontrado, o corpo do menino ainda não foi liberado do IML, pois ele não possuía certidão de nascimento, documento exigido pelo órgão.

Por Mara Magalhães

1 Comment

1 Comment

  1. Petronio França da Silva

    5 de maio de 2016 at 13:39

    Só uma correção. Quando vocês dizem que caiu no igarapé, os dois caíram no bueiro e porque caíram no bueiro? Porque praticamente todos os bueiros da cidade de Manaus estão aberto a merce de não só crianças e sim adultos ou idosos. Li a algumas semanas atras que a policia iria indiciar o pai da criança que caiu no bueiro no Mutirão e porque não indicia a Prefeitura, a causa desses bueiros estarem abertos é a falta de fiscalização dos Órgão Municipais “competentes”, mas esse ano é ano politico e ai virão alguns deles prometendo o paraíso para a população. Isso vocês não escrevem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir