Esportes

Mais uma atleta do Amazonas desponta no taekwondo

Elissa já foi a melhor lutadora do Brasil em sua categoria-foto: Marcio Melo

Elissa já foi a melhor lutadora do Brasil em sua categoria-foto: Marcio Melo

Um celeiro de craques das lutas. O Amazonas já é conhecido mundo à fora por seus feitos, seja no tatame, octógono ou ringues. Neste final de semana, mais uma medalha para elevar ainda mais o nome do Estado. A atleta Elissa Pimentel, de 20 anos, foi medalha de bronze no Campeonato Brasileiro de taekwondo Adulto e Máster, na categoria até 46 quilos, realizado em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina. A cidade, que ‘respira’ lutas e já foi palco de duas edições do UFC, pôde ver de perto o talento desta manauense ‘casca grossa’.

Elissa fez sua estreia em campeonatos para adultos e mesmo assim mostrou desenvoltura. Ela foi derrotada na semifinal pela atleta da casa, Maria Aparecida, mas mesmo com a derrota, se agradou do resultado, fruto de oito meses de muito treino.

“Confesso que não senti tanta diferença na hora das lutas. Eu me senti bem preparada. Estava pronta pra lutar com as melhores, então não achei muita diferença, pois lutei super bem. Faltou um pouco mais. Agora é trabalhar para corrigir os erros e continuar trabalhando forte para os próximos campeonatos”, contou.

Para o treinador e irmão de Elissa, Willis Pimentel, que prepara especificamente a atleta desde 2011, assumir a equipe Team Associação Mape, da qual ela faz parte, foi um desafio, porém a sensação é de dever cumprido.”Num curto período de nove meses de trabalho misturada à longa rotina treinos, conseguimos conquistar com a nossa equipe sete medalhas em disputas nacionais, sendo duas medalhas no Brasileiro adulto categoria sub-21 pela Elissa. Tudo isso é fruto de um trabalho bem feito na base de muito sacrifício e persistência”, ressalta.

Segundo o presidente da Federação Amazonense de Taekwondo do Amazonas (FTKDAM), Raimundo Gomes Lima, o objetivo é manter o Estado entre os destaques nacionais, com novos pódios nas grandes competições.

“Já conseguimos trazer títulos no infantil, júnior e máster. Agora vamos em busca de mais e mais.
Temos potencial para isso, os treinamentos são puxados e a equipe assimila bem a carga de treino durante a preparação. Sei que podemos representar bem o Amazonas”, observa o mestre.

Ambições

Apaixonada pelo taekwondo , Elissa faz projetos audaciosos para o futuro. Quer integrar, em breve, a seleção brasileira da modalidade e disputar torneios internacionais representando o país. Além da ambição pessoal, a lutadora sonha em montar uma academia para disseminar a prática do esporte pouco conhecido no Brasil e especialmente em Manaus.

“Meu maior sonho é entrar na seleção brasileira. Acho que esse é o sonho de qualquer atleta. Vou disputar a Copa das Confederações no final do mês e minha meta é estar entre as quatro melhores do país até o final do ano. Quero seguir carreira no esporte e quem sabe montar uma academia própria, oferecendo oportunidades para crianças que tenham vontade de seguir no esporte. Quem sabe essas crianças não tracem o mesmo caminho que eu, medalhando da mesma forma que eu”, vislumbrou.

Por Lindivan Vilaça

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir