Sem categoria

Mais de cinco mil pessoas comparecem as celebrações de São José, em Manaus

Catedral de São José Operário na Praça 14 de Janeiro reuni milhares de fiés durante as celebrações - foto: Diego Janatã

Catedral de São José Operário reuniu  milhares de fiés durante as celebrações – foto: Diego Janatã

A renovação de fé e a esperança de consegui um emprego, levaram aproximadamente cinco mil fieis para a procissão de São José Operário, realizado no bairro Praça 14 de Janeiro, na tarde de ontem (1º), dia dedicado aos trabalhadores. Com a crise na economia do país, a procura pelo padroeiro dos trabalhadores aumentou nos últimos meses, disse o padre João Benedito.

Desempregados, Enolá Fonseca e Janderson Salvador, acreditam que a fé depositada em São José é o caminho para alcançar a graça de ter novamente a carteira de trabalho assinada. Confiante na fé e devota do santo desde de criança, Enolá, acredita ainda que o emprego chegará no tempo de Deus.

“Hoje eu estou aqui para agradecer tudo que São José me deu até agora. Inclusive meu filho. Há dois anos estou desempregada, mas entrego nas mãos dele essa situação. Tenha a esperança de que meus pedidos sempre serão atendidos. Sei que somente Deus pode nos atender, mas por intercessão do meu São José, que foi pai do nosso Senhor, a graça será concedida e virá no tempo certo”, disse emocionada.

A procura de uma oportunidade desde de dezembro do ano passado, Janderson disse que, além de agradecer pela vida, hoje, em especial, foi dia de suplicar por um emprego ao padroeiro dos trabalhadores. “Com a ajuda de São José e de Deus, em breve essa procura terá fim e eu serei novamente abençoado com um emprego novo. Acredito que a fé move montanhas e que sempre temos que ter esperança em dias melhores. O nosso santo não nos abandona”.

Com muita fé devotos em forma de oração clamavam por paz e proteção ao padroeiro dos trabalhadores - foto: Diego Janatã

Com muita fé, devotos em forma de oração clamavam por paz e proteção ao padroeiro dos trabalhadores – foto: Diego Janatã

Diferente deles, a industriaria Rosângela Silveira esteve na celebração dedicada aos trabalhadores para agradecer pelo emprego e pedi proteção e livramento contra os diversos cortes que vem ocorrendo no Polo Industrial de Manaus (PIM).

“Graças a Deus eu continuo empregada. Hoje, vim agradecer por todas as benções de Deus na minha vida. Além disse quero pedi para que São José me proteja e guarde meu emprego, pois preciso dele, principalmente nesse período difícil para nossa economia. Enquanto eu estiver viva, estarei aqui agradecendo”, destacou.

O padre da paroquia de São José, João Benedito, ressaltou a importância da celebração dizendo que este 1º de maio, é a segunda festa dedicada ao santo. Além de agradecer, o momento também e de pedi emprego e de refletir sobre a atual situação econômica do país, frisou. “O Amazonas é o quarto estado com maior número de desempregados. Isso é um dos motivos dos fieis estarem aqui para pedi um emprego por intercessão de São José. E também porque, independentemente da situação, todos que estão aqui são devotos do santo. É claro que um trabalho não é só um presente que vem do céu, mas também é algo que vem do esforço humano, e que deve ter a colaboração de todos”, finalizou.

Agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) acompanharam o trajeto percorrido pelos fiéis. A caminhada teve que teve início às 18h30 e passou pelas avenidas Ramos Ferreira, Major Gabriel, Sete de Setembro e Visconde de Porto Alegre.

 

Por Gerson Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir