Dia a dia

Mais de 90 veículos são apreendidos na operação ‘Paz na Comunidade’, na zona Centro-Sul

Os veículos apreendidos estavam em situação irregular - foto: divulgação

Os veículos apreendidos estavam em situação irregular – foto: divulgaçã

Noventa e seis veículos foram apreendidos durante a  operação ‘Paz na Comunidade’, deflagrada pela Polícia Civil do Amazonas, nesta quinta-feira (7). A ação teve início às 17h, em bairros da zona Centro-Sul da cidade e contou com o apoio de policiais civis lotados no 12º e 23º Distritos Integrados de Polícia (DIPs), agentes do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) e servidores da Polícia Militar.

De acordo com o titular da 5ª Seccional Centro-Sul, delegado Virgílio Mendonça, 60 motocicletas e 36 carros foram apreendidos em situação irregular. Ainda segundo o  delegado,  objetivo da ação foi apreender veículos automotores que poderiam estar sendo utilizados na prática de crimes, como roubos e latrocínios, em áreas com maior incidência de delitos na zona Centro-Sul. Na ação, foram verificados veículos transitando com Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) atrasados e por motoristas sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

“Essa foi a primeira etapa da operação, que vai continuar por todos os bairros da região. Nesse primeiro momento o alvo da operação foi o conjunto Parque das Nações e adjacências. Essa iniciativa teve por finalidade mostrar que a segurança pública está presente nas ruas, atuando de forma contínua e integrada”, enfatizou.

Conforme o delegado, a participação de representantes de outros órgãos que integram a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM) foi imprescindível para o resultado satisfatório da ação e garantia da segurança da comunidade. “Além de 20 policiais civis em viaturas e 20 policiais militares em motocicletas e veículos, contamos com o reforço de um cão farejador treinado por um investigador da instituição e 16 agentes do Detran-AM. Montamos duas barreiras, uma na avenida principal de acesso ao bairro Flores e outra no Conjunto Parque das Nações. Fizemos ainda revistas a pedestres e em ônibus, incursões em becos e fiscalizações a estabelecimentos comerciais”, explicou Mendonça.

O titular da 5ª Seccional Centro-Sul afirmou que ao longo da ação policial foi realizado trabalho preventivo, orientando populares como proceder em casos que envolvam práticas ilícitas. “Distribuímos cartões com os nossos telefones para o recebimento de denúncias. Nosso objetivo é estreitar o relacionamento com a comunidade e mostrar que a Polícia Civil está à disposição para combater a criminalidade”, disse.

Morador do Conjunto Parque das Nações, o pintor Carlos Antônio Neves, 53, parabenizou a forma que os servidores agiram durante a ação. “Todos foram muito educados e não deixaram as nossas coisas bagunçadas. Estou satisfeito por estarem presentes nas ruas e a forma como agiram. Queremos viver em paz na nossa comunidade e trabalhando dessa forma eles têm o meu apoio”, ressaltou.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir