Economia

Mais de 84 mil contribuintes já entregaram a declaração do IR no AM, o que equivale a 25% do total

O prazo de entrega das declarações foi estendido até o dia 29 de abril - foto: divulgação

O prazo de entrega das declarações foi estendido até o dia 29 de abril – foto: divulgação

Até às 11h desta terça-feira (29), mais de 84.912 mil pessoas já tinham entregado a declaração do Imposto de Renda 2016, no Amazonas. O montante equivale a 25,8% das 329 mil esperadas, segundo a Receita federal de Manaus. O prazo de entrega das declarações foi estendido até o dia 29 de abril.

Leonardo Frota, delegado da Receita Federal em Manaus, informou que alguns dias após o envio, será disponibilizado ao contribuinte, o extrato da declaração no e-CAC (Centro de Atendimento Virtual da Receita Federal) na Internet.

Após o batimento das informações básicas, a Receita informará se a declaração apresenta erros nos dados declarados. Dessa forma, o contribuinte poderá retificar as informações antes do término do prazo de entrega, caso seja confirmado qualquer equívoco.

Imposto de Renda

De acordo com a Receita Federal, devem declarar imposto de renda, pessoas que   receberam rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 28.123,91, quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil.

Pessoas que obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; relativamente à atividade rural. Que teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra, de valor total superior a R$ 300 mil também deverão apresentar.

O contribuinte que entregar a declaração após o prazo previsto ou não apresentar, fica sujeito ao pagamento de multa por atraso, calculada da seguinte forma: existindo imposto devido, multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, incidente sobre o imposto devido, ainda que integralmente pago, observados os valores mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido inexistindo imposto devido, multa de R$ 165,74 reais.

 

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir