Cultura

Mais de 80 mil pessoas assistem show de Michel Teló na Ponta Negra

O show ocorreu no domingo (10) e faz parte do projeto ‘Eu Vivo Música’ - foto: divulgação

O show ocorreu no domingo (10) e fez parte do projeto ‘Eu Vivo Música’ – foto: divulgação

Com o maior público dentre as sete cidades por onde já passou, o projeto  ‘Eu Vivo Música’, realizado em parceira com a prefeitura de Manaus e o Ministério da Cultura, levou um público de cerca de 85 mil pessoas para o Complexo Turístico Ponta Negra, na Zona Oeste, para prestigiar o show do cantor sertanejo Michel Teló, no domingo (10).

Anfitrião da festa, o prefeito Arthur Virgílio Neto disse que a cidade já tem experiência em receber grandes eventos e que espera que outras propostas da iniciativa privada também brindem o povo manauara com ações de cultura, arte e lazer.

“Manaus está de parabéns pela forma ordeira com que se comporta. Mostramos durante a Copa do Mundo a nossa capacidade de organização e segurança para realizar eventos de qualquer natureza”, destacou, lembrando o grande potencial turístico e vocação para cidade internacional.

“Fico feliz de poder divulgar a alegria do nosso povo e as belezas da nossa terra com ações que vêm para somar com a ideia de tonar Manaus uma cidade internacional, sobretudo agora que conquistou o selo de Cidade Olímpica”, finalizou.

De acordo com o diretor geral da Vivo na Região Norte, a capital do Amazonas superou todas as expectativas de público e recepção. “Já passamos por sete outras capitais e Manaus é especial, por toda sua exuberância de ser uma metrópole no meio da floresta Amazônica. Agradeço a prefeitura por ter nos oferecido esse belíssimo cenário da Ponta Negra para a realização do evento, bem como toda a estrutura para receber a população”, afirmou Emerson Martins.

Estrutura e organização

Para receber o público, a prefeitura montou um esquema reforçado de serviços, envolvendo diversos órgãos municipais. Destaque para a ação das equipes da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), que colocou durante e após o final do show cerca de 80 servidores, que além da varrição, também fizeram a lavagem do anfiteatro da Ponta Negra.

“A empresa realizadora do evento cumpriu com a determinação do Município, que estabelece a obrigatoriedade da limpeza dos espaços públicos pelos organizadores. Foram doados 100 baldes de lixo, que ficarão distribuídos ao longo do complexo turístico, colaborando com a limpeza do local”, explicou o subsecretário da Semulsp, José Rebouças.

Vale ressaltar a participação dos catadores nesse processo, dando continuidade à inclusão da categoria nas ações da prefeitura. “Antes não éramos enxergados e nos sentíamos recriminados. Agora, isso mudou. Recebemos uniformes e ferramentas de trabalho que nos deram dignidade e as pessoas até nos cumprimentam”, comemorou o catador da Associação de Reciclagem e Preservação Ambiental (Arpa), Marlone Isidoro.

Fiscais da Secretaria Municipal de Trabalho, Empreendedorismo, Abastecimento, Feiras e Mercados (Semtef) também estiveram presentes controlando a venda irregular por ambulantes não cadastrados. As equipes tiveram apoio dos agentes da Guarda Municipal.

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) organizou o acesso e saída dos veículos da área da Ponta Negra. A frota de ônibus foi monitorada pelo Centro de Controle Operacional e reforçada no momento de maior demanda dos usuários.

Homenagem

A apresentação do cantor Michel Teló também foi uma homenagem ao Dia das Mães e reuniu, na Ponta Negra, fãs de várias gerações, como Gorete e Beatriz Moreira, mãe e filha, de 60 e 13 anos, respectivamente. Foi primeira vez que elas saíram para se divertir juntas. “É uma experiência nova. Ela trabalha muito e são poucas as oportunidades de estarmos juntas em um momento de lazer”, comentou Beatriz. “Sinto-me emocionada por viver isso com ela e estou achando tudo muito lindo”, completou a mãe.

Quem também fez questão de levar a família para ver o show sertanejo foi Janilson Souza, que estava acompanhado da esposa Djane e da filha Rafaela, de apenas três anos. “Depois da reabertura da Ponta Negra a gente se sente muito mais seguro, por isso nos sentimos muito a vontade para trazer a nossa filha. O dia é de festa e de homenagens”, falou Janilson.

Em duas horas de show, o cantor Michel Teló cantou seus maiores sucessos e também um repertório especial dedicado às mães que compareceram ao local do evento. Ele disse que fica muito feliz por voltar a Manaus, que sempre o recebeu com muito carinho.

“Sou apaixonado por Manaus, desde a primeira vez que estive aqui. É muito especial poder cantar para tantas pessoas e fiquei surpreso com a apresentação da Orquestra Musical 7, que fez um belíssimo pré-show, unindo a música sertaneja com a música clássica”, comentou o cantor.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir