Dia a dia

Mais de 60 quilos de carne irregular são apreendidos no município de Nhamundá

 

O material irregular foi apreendido na manhã de hoje (2) - foto: divulgação

O material irregular foi apreendido na manhã de hoje (2) – foto: divulgação

Mais de 60 quilos de carne bovina irregular foram apreendidos em um açougue  no município de Nhamundá (a 381 quilômetros da capital), na rua Afonso de Carvalho, no Centro, na manhã desta quarta-feira (2).

De acordo com policiais civis da 43ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), as diligências ocorreram após o proprietário de um sítio localizado na Comunidade Anarcaru Sagrado, em Nhamundá, formalizar uma denúncia de furto. Marcos Vidal da Silva, 41, relatou que na tarde de ontem, (1°), um indivíduo conhecido como “Caju” teria furtado da propriedade duas vacas, avaliadas, cada uma, em R$ 2 mil.

“A vítima disse, em depoimento, que “Caju” seria dono de um açougue e teria furtado os animais para abatê-los e depois comercializá-los. A partir dessa denúncia, nos deslocamos até o local informado pela vítima e constatamos que no estabelecimento comercial de “Caju” havia uma grande quantidade de carne sem procedência comprovada, por meio de recibos ou notas fiscais”, explicou o delegado João Lima.

Os policiais civis que participaram da diligência informaram que o avô de “Caju”, que estava no local no momento da ação, confirmou que o neto, juntamente com os irmãos, havia abatido duas vacas com características semelhantes aos animais furtados do sítio.

A equipe policial foi até a residência dos suspeitos, nas proximidades do açougue da família, para averiguar a situação.  Na casa foram encontrados pelos de animais e cordas no teto, além de outros indícios que confirmavam o abate ilegal no lugar.

Conforme o delegado João Lima, os infratores serão notificados e indiciados por furto qualificado. A Vigilância Sanitária de Nhamundá também será acionada, para que providências administrativas sejam tomadas.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir