Mundo

Mais de 40 corpos são encontrados neste sábado na capital do Burundi

Ao menos 40 corpos foram encontrados na manhã deste sábado (12) pelas ruas de Bujumbura, capital do Burundi.

Moradores acusam as forças de segurança locais de terem executado jovens, horas depois dos ataques a três acampamentos do Exército, na sexta-feira (11).

A maioria das vítimas, mortas por disparos -alguns à queima roupa- foi encontrada no bairro de Nyakabiga, no centro da cidade. Outros corpos estavam em Rohero II e Musaga.

A polícia nega as acusações. Segundo um porta-voz, não houve “mortes colaterais” nas incursões contra os insurgentes.

O porta-voz das Forças Armadas, coronel Gaspard Bratuza, divulgou pelo Twitter que um “balanço definitivo” sobre as operações contra os ataques de sexta-feira nas bases do Exército.

Burundi vive uma violenta crise política desde abril, quando o presidente Pierre Nkurunziza modificou a Constituição para concorrer a um terceiro mandato, uma manobra que o levou a ser reeleito em julho.

Centenas de pessoas morreram e mais de 300 mil fugiram do país, onde a ONU pediu uma intervenção “contundente” da União Africana para deter a preocupante escalada de violência.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir