Sem categoria

Mais de 280 mil pessoas foram imunizadas contra a Influenza no Amazonas

A estimativa é que, no Amazonas, 940 mil pessoas integrem os grupos prioritários a serem imunizados – foto: Marcelo Camargo/ABr

A estimativa é que, no Amazonas, 940 mil pessoas integrem os grupos prioritários a serem imunizados – foto: Marcelo Camargo/ABr

A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) divulgou nesta segunda-feira (2), o primeiro balanço parcial referente ao Dia D de vacinação contra a Influenza, realizado no último sábado (30).  Conforme a pasta, 284.792 pessoas foram imunizadas no Estado, o que equivale 32,77% da cobertura vacinal prevista nos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. A vacinação vai até o dia 20 deste mês.

O secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, destaca que este número ainda sofrerá atualizações, porque a grande maioria dos municípios do interior ainda está fazendo a inserção dos dados referentes às ações do Dia D, no sistema do programa de imunização. Mas o secretário considera o saldo positivo, para um único dia de ação. Entretanto, ele reforça a necessidade de empenho das Prefeituras, responsáveis pela execução da campanha nos municípios.

“Dos dados recebidos pela Susam, até o momento, destacamos o trabalho realizado pelo município de Silves, que já atingiu a meta da campanha, somente com as ações realizadas no Dia D”, ressaltou.

A estimativa é que, no Amazonas, 940 mil pessoas integrem os grupos prioritários a serem imunizados. A meta do Ministério da Saúde é que, até o final da campanha, ao menos 80% desse público-alvo receba a vacina contra a gripe, que inclui a proteção contra o vírus H1N1. Entre os municípios que já enviaram informações, o melhor desempenho está com Silves, que atingiu uma cobertura vacinal de 83% no Dia D; em seguida vem Manaus, com 55,1%; Itapiranga, com 49,7%; Canutama, com 49,6%; e Anori, com 41,5%.

A campanha de vacinação contra a gripe prossegue até o dia 20, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de todo o Estado. Na capital, a vacina também está disponível nos Centros de Atenção Integral à Criança e à Melhor Idade (CAICs e CAMISs).

Risco

Devem se vacinar as pessoas com 60 anos ou mais de idade; crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias); as gestantes; as puérperas (até 45 dias após o parto); os trabalhadores de saúde; indígenas; portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais e população privada de liberdade.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir