Dia a dia

Mais de 28 mil alunos da Semed participarão da Prova Brasil na próxima semana

A partir de segunda-feira (9), até o dia 13 deste mês, mais de 28 mil alunos dos 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, de 292 escolas da rede municipal de ensino, participarão da Prova Brasil. A média de desempenho na Avaliação Nacional de Rendimento Escolar (Anresc), como também é conhecida a Prova Brasil, além da taxa de rendimento de aprovação do aluno, são usadas para chegar ao Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

A meta, estipulada pela prefeitura , é a de que a capital amazonense fique entre as dez capitais mais bem avaliadas do País.

Desenvolvida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), a prova tem o objetivo de avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos.

Os 20.081 alunos do 5º ano e 8.422 alunos do 9º ano, totalizando 28.503 alunos da Secretaria Municipal de Educação (Semed), serão avaliados nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, além do Questionário do Aluno. A avaliação terá duração de duas horas e 30 minutos e será acompanhada por aplicadores do Ministério da Educação (MEC) e professores das escolas.

De acordo com a chefe da Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM) da Semed, Núbia Pinto Breves, houve diversos encontros com chefes das Divisões Distritais Zonais (DDZs) para estimular a participação de todos os alunos das escolas que receberão a avaliação. Ela destacou, ainda, que para a escola ter seus resultados divulgados é necessário 80% de participação dos alunos na prova, com base nas informações do Censo Escolar.

“A Semed precisa traçar metas e para isso precisa ter um parâmetro. As provas dão resultados necessários para que possamos começar essas políticas voltadas para melhorar cada vez mais o ensino e aprendizagem dos alunos. As avaliações não são apenas para olhar resultados, mas principalmente avançar na aprendizagem, que é o nosso foco maior”, informou Núbia Breves.

As avaliações serão realizadas no mesmo turno e escolas que os alunos estão matriculados, conforme informado no Censo Escolar, ou seja, o aluno de 5º ou 9º ano que estuda pela parte da manhã realizará a prova no mesmo turno, assim como os alunos do turno vespertino.

A presença de todo corpo escolar é imprescindivel durante o dia da aplicação da avaliação na escola. Além do gestor, que deve organizar a estrutura para receber a avaliação, os professores darão suporte aos aplicadores do MEC, para que a prova seja realizada de maneira sigilosa e padronizada.

Aneb

A Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb) é uma avaliação amostral que será realizada junto com a Prova Brasil, porém, nem todas as escolas participarão desta avaliação. As escolas que receberão a avaliação amostral serão escolhidas pelo Inep/MEC e servem para avaliar a qualidade, a equidade e a eficiência da educação brasileira. Ela apresenta os resultados do País como um todo, das regiões geográficas e das unidades da federação. Além de escolas da Semed, outras escolas selecionadas da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) também participarão da avaliação.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir