Mundo

Mais de 100 corpos já foram retirados de edifício em Taiwan após tremor

Os investigadores da Procuradoria de Tainan encontraram indícios de falhas na construção - foto: divulgação

Os investigadores da Procuradoria de Tainan encontraram indícios de falhas na construção – foto: divulgação

As equipes de socorro de Taiwan retiraram mais de 100 corpos dos escombros do edifício residencial que desabou há uma semana, devido a um tremor de terra, anunciaram hoje (13) os serviços de emergência.

Segundo os bombeiros, o número de mortos em consequência do tremor de magnitude 6,4 na escala Richter que atingiu a cidade de Tainan, no Sul da ilha, chega a 114, incluindo 112 no complexo residencial de Weiguan Jinlong.

Ao todo, foram retiradas 280 pessoas com vida dos escombros  do edifício de 16 andares, com mais de 100 habitações.

A Procuradoria de Tawain deteve, na quarta-feira (10), três executivos da construtora responsável pelo Weiguan Jinlong, acusados de homicídio por negligência profissional, e congelou os seus bens e ativos.

No último domingo (7), foram encontradas latas vazias e espuma de poliestireno em pilares que deveriam ter sido enchidos com betão.

Posteriormente, os investigadores descobriram que tinham sido eliminados, possivelmente depois da construção, pilares nos pisos mais baixos do edifício, para aumentar a área livre.

Por Agencia Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir