Sem categoria

Mais de 10 mil pessoas participam do desfile cívico, em Manaus

A Polícia Militar informou que cerca de 10 mil pessoas acompanharam o desfile - foto: Arthur Castro

A Polícia Militar informou que cerca de 10 mil pessoas acompanharam o desfile – foto: Arthur Castro

Em comemoração a data de Elevação do Amazonas à Categoria de Província, aproximadamente sete mil alunos da rede pública e privada de ensino, além de entidades educacionais particulares, militares e sociais participaram dos desfiles cívicos, no Sambódromo, Zona Centro-Oeste de Manaus, na tarde deste sábado (5). Em pouco mais de duas horas, as 103 escolas prestaram homenagens.

O desfile das escolas iniciou às 17h, com umas das bandas de fanfarras mais tradicionais de Manaus, a Banda Marcial da Escola Estadual Djalma Batista. A Polícia Militar informou que cerca de 10 mil pessoas acompanharam o desfile.

Segundo o secretario de Educação, Rossieli Soares da Silva, como em todos os anos, as atividades são de extrema importância por manterem viva a tradição e o respeito aos acontecimentos pátrios que marcam a historia da nação.

O vice-governador Henrique Oliveira esteve presente no evento e também falou da importância do evento. “É de extrema importância essa prática dos alunos das redes públicas e privadas ao participarem dos desfiles. Nossas crianças e jovens precisam ter o amor pela pátria”, disse Oliveira.

A estudante Anne Cristine, do 7º ano no Instituto de Educação do Amazonas (IEA), Zona sul,  disse estar honrada em participar de uma atividade tão importante na historia do Estado.

“‘Esta é a minha primeira vez no desfile cívico da escola. Estou gostando de participar, apesar de o desfile exigir esforço e ensaios intensos. É uma sessão maravilhosa. Está representando a nossa pátria”, falou a estudante.

A aposentada Maria Rita da Costa, 59, acompanha o desfile há mais de 30 anos e fala da emoção que é a cada ano. “Todos os anos estou aqui. Fico emocionada quando vejo esses jovens com as bandeiras. Esse ano vim acompanhar meu filho e meu neto. Quando eles passaram no pelotão não contive a emoção e chorei”, comentou.

Policiais militares realizaram a segurança do evento e segundo eles, não teve nenhuma ocorrência. Já o Serviço de Atendimento Móvel (Samu), registrou mais de 30 atendimentos, todos por esgotamento físico. Quatro ambulâncias estavam no local, que segundo a operadora de caixa Claudia Mendes, 30, mãe de uma das alunas que passou mal devido o calor.

“Deveria ter mais ambulâncias. Essas quatro não foram o suficiente. Tem pessoas sendo atendidas no chão”. disse a mulher.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir