Sem categoria

Mais de 1 mil fiéis participaram da tradicional procissão de São Cristóvão, neste sábado

Aproximadamente 200 carros percorram as ruas acompanhando a procissão - foto: Arthur Castro

Aproximadamente 200 carros percorram as ruas acompanhando a procissão – foto: Arthur Castro

Aproximadamente  1 mil fiéis acompanharam, na noite deste sábado (25), a tradicional procissão de São Cristóvão, o padroeiro dos motoristas,  que neste ano trouxe o tema  “Violência contra os motoristas no trânsito”. A 65ª edição é promovida pela Arquidiocese de Manaus e pela coordenação da igreja de São Cristóvão.

A concentração aconteceu às 17h, na igreja de São Cristóvão, localizada na rua Afonso Pena, bairro Praça 14 de Janeiro, Zona Sul de Manaus, onde ocorreu uma missa antes da procissão.

Os fiéis percorreram as ruas Afonso Pena, Major Gabriel, Sete de Setembro, Humaitá, Borba, avenida Tefé, Duque de Caxias, Boulevard Álvaro Maia e retornaram para a igreja do padroeiro.

De acordo com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), 200 carros participaram da procissão. Nenhuma ocorrência de trânsito foi registrada durante o evento religioso.

O arcebispo da Arquidiocese de Manaus, Dom Sérgio Eduardo Castriani, explicou a manifestação católica durante o percurso da festa. “São Cristóvão era um homem que gostava de servir as pessoas, como os motoristas. Como o trânsito está muito violento na nossa cidade, os motoristas pedem proteção do santo”, disse Dom Sergio.

Um dos fiéis, o taxista Carlos Pinto, 58, participa da procissão há oito anos e garante que já teve suas  promessas alcançadas. “Tudo o que eu pedi para o meu santo ele me abençoou. A cada ano essa festa fica mais bonita. Sempre fazemos o melhor para o nosso padroeiro”, disse.

Há 23 anos o motorista Oricino Monteiro, 56, participa da procissão. “Eu fiz uma promessa para são Cristóvão de todo ano participar da procissão, correndo. Já alcancei muitas graças”, comentou.

No final da procissão, os carros receberam a benção do arcebispo de Manaus.

Um arraial está sendo realizado para encerrar as comemorações da festa do padroeiro dos taxistas.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir