Sem categoria

Mãe de bebê jogado no rio é liberada na tarde desta quinta-feira

Cleudes Maria Moraes Batista, 23, foi liberada na tarde desta quinta-feira – foto: Ney Mendes/Polícia Civil

Cleudes Maria Moraes Batista, 23, foi liberada na tarde desta quinta-feira – foto: Ney Mendes/Polícia Civil

Após o canoeiro Josias da Silva Alves, 30, ter confessado que jogou o filho Pablo Pietro de quatro meses no rio Negro, todas as suspeitas sobre a mãe, Cleudes Maria Batista de Moraes, 23, foram retiradas. Ela agora passa da condição de suspeita à vítima por tentativa de homicídio.

A revogação da prisão preventiva de Cleudes foi feita pelo titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), delegado Ivo Martins, nesta quarta-feira (9).

Cleudes Maria foi liberada na tarde desta quinta-feira (10). Segundo o delegado, ela terá de comparecer ao Supremo Tribunal do Júri (STJ) para assinar um termo de medida cautelar, onde serão impostas as devidas condições por conta de sua liberação.

Nesta sexta-feira (11), será decidido se Cleudes permanece na capital ou se retornará ao município de Manacapuru, onde nasceu.

De acordo com o advogado de Cleudes, Thiago Monte, ela ficará sob monitoramento até que o inquérito policial seja concluído.

O delegado Ivo Martins explicou que o prazo de conclusão do inquérito policial é de dez dias. Até lá, Cleudes permanece na condição de vítima. “Nesse momento, ela [Cleudes] está como vítima. Logo, a gente já pode dar o caso como encerrado, mas deixando em aberto essa possibilidade de surgirem novas provas”, ressaltou.

Ainda conforme Martins, a reconstituição dos fatos não será mais necessária, já que os depoimentos são compatíveis.

Em reposta ao EM TEMPO, Cleudes disse: “Com certeza, agora a justiça foi feita. Desde o início, eu disse que era inocente e, graças a Deus, ele confessou”, respondeu chorosa.

Quando questionada pelo sentimento da perda do filho, Cleudes ressaltou que se sente péssima por tudo o que aconteceu, pois nem mesmo sendo inocentada, isso poderá trazer o filho de volta.

Josias vai responder por homicídio qualificado e tentativa de homicídio. Ainda hoje, ele vai ser conduzido à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, onde ficará à disposição da Justiça.

Por Narel Desiree

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir