Dia a dia

Mãe assiste execução de filha na Zona Leste

O crime ocorreu na Herculano, localizado no bairro Amazonino Mendes – foto: Arthur Castro

Filha é morta na frente da mãe por ter dívidas com o tráfico de drogas. Segundo relato de moradores, a vítima, identificada como Adriana Monteiro Cruz, tinha passagem pela polícia por associação ao crime, mas, respondia em liberdade pelos delitos. Porém, no site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), não consta nada.

O crime aconteceu por volta das 22h, do último sábado, na rua Herculano, localizado no bairro Amazonino Mendes (Mutirão), Zona Leste. De acordo com relatos de alguns moradores da área, Adriana estava sentada na calçada em frente a sua residência, acompanhando a mãe que vendia churrasco, quando dois homens chegaram a pé no local e começaram a disparar contra ela.

Leia também: Homem é morto em frente à esposa grávida na Cidade Nova

“Tudo parecia normal, até esses homens entrarem na rua e começarem a disparar contra ela. Pelo que vimos, ao menos três disparos pegaram no peito dela. Foi maior correria, todo mundo entrando para suas casas. Depois que os criminosos foram embora, ninguém quis sair das residências para prestar socorro. O medo era deles voltarem e matarem mais alguém. Ela não era correta, já tinha se envolvido com tudo que não presta. Inclusive, era ex-presidiária, mas nenhuma mãe merecer ver a filha sendo morta dessa maneira”, disse uma comerciante do bairro.

Com medo de possíveis represálias pelo comando do tráfico da área, outros vizinhos evitaram falar com a imprensa. A casa onde Adriana morava estava fechada neste domingo. O local do velório também não foi informado pelos vizinhos, a pedido da própria família.

Gerson Freitas
EM TEMPO

Leia mais:

Filho não aceita fim de relacionamento da mãe e mata padrasto com golpes de faca

Mãe assiste execução de filha na Zona Leste

Mais uma vítima do ‘justiceiro’ ou execução? Mototaxista é morto a tiros no Adrianópolis

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir