Sem categoria

Luta olímpica consegue resultado histórico nos Jogos Pan-Americanos

Joice Silva entrou para a história ao vencer a cubana Yakelin Estornell e ganhar a primeira medalha de ouro da luta olímpica. Mais cedo, Davi Albino ganhou o bronze – foto: divulgação/Comitê Olímpico Brasileiro

Joice Silva entrou para a história ao vencer a cubana Yakelin Estornell e ganhar a primeira medalha de ouro da luta olímpica. Mais cedo, Davi Albino ganhou o bronze – foto: divulgação/Comitê Olímpico Brasileiro

Os atletas da luta olímpica brasileira têm o que comemorar em Toronto, no Canadá. Em três dias de competição, o grupo já trouxe para a modalidade três medalhas, uma de ouro e duas de bronze. O resultado é inédito. Pela primeira vez, os brasileiros conquistam uma medalha de ouro na modalidade em Jogos Pan-americanos.

A autora da façanha é Joice Silva, na categoria até 58 quilos. Ela tinha sido medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara em 2011. Em Toronto, veio atrás do ouro. E conseguiu. “A luta é o que eu tenho, o meu ciclo de amizades, os meus amigos, o meu trabalho. Já me trouxe até aqui”

A luta foi na quinta-feira (16), no ginásio Mississauga Sports Center. Joice começou perdendo, mas a vitória aconteceu de virada, a poucos instantes do fim da luta contra a cubana Yakelin Estornell. Para Joice, um momento emocionante. “Ali foi não abandonar a fé, o tempo todo lutar acreditando que é possível, e vai atrás de mais um ponto, e depois de outro ponto, e foi assim, acreditando que dava, sem ter dúvida e correr atrás do objetivo”.

Davi Albino conseguiu também se destacar na competição. Ele foi o único brasileiro a disputar no estilo greco-romano. Também na quinta-feira, depois de perder para o cubano Yasmani Lugo, disputou o bronze com o colombiano Oscar Loango e conquistou a medalha.

Ontem (17), a vice-campeã mundial de luta olímpica, na categoria até 75 quilos, Aline Silva, perdeu a chance de ficar com o ouro ao ser derrotada nas quartas de final pela norte-americana Adeline Gray. Mas não dispensou o bronze, alcançado com a vitória sobre a porto-riquenha Ana Gonzalez.

Neste sábado (18), lutam Pedro Rocha, na categoria até 74 quilos e Hugo Cunha, na classe até 125 quilos.

O Brasil terminou a sexta-feira com um total de 73 medalhas. Foram 13 conquistadas ao longo do dia. Quatro foram de ouro: duas no tiro, com Julio Almeida, na prova 50 metros com pistola e Cesar Cássio Rippel, nos 50 m com rifle tendido; e duas na natação, com Felipe França, nos 100 metros nado peito, e Etiene Medeiros, nos 100 metros costas feminino. As pratas foram conquistadas pela natação e os bronzes vieram da equipe de tiro com Arco, da natação, do ciclismo, além da luta olimpica com Aline Silva.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir