Economia

Lula diz que rebaixamento da nota do Brasil “não significa nada”

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva minimizou nesta quinta-feira (10) a decisão da agência de classificação de risco Standard & Poor’s de rebaixar a nota de crédito do Brasil. “Isso não significa nada”, disse o ex-presidente, acrescentando que “significa que apenas a gente não pode fazer o que eles querem. A gente tem que fazer o que a gente quer”.

Lula fez as declarações durante o 3º Congresso Internacional de Responsabilidade Social, em Buenos Aires.  No discurso, o ex-presidente criticou as agências de risco, argumentando que elas usam critérios diferentes para os “países quebrados da Europa”.

O ex-presidente está na Argentina desde terça-feira (8) à noite. Ontem (9), ele participou da inauguração, na província de Buenos Aires, de uma Unidade de Pronta Atenção (UPA) – um centro de atenção médico semelhante a unidades existentes no Brasil.

A inauguração ocorre durante a campanha para as eleições presidenciais argentinas, marcadas para o próximo mês, e teve a presença da presidenta Cristina Kirchner e do candidato governista, Daniel Scioli.

Em Buenos Aires, Lula também vai receber hoje dois títulos Honoris Causa, das universidades de La Matanza e Metropolitana para a Educação e o Trabalho. Na sexta-feira (11), ele fará uma palestra a empresários argentinos, a convite da Fundación Desarrollo Argentino (DAR).

 

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir